sicnot

Perfil

Mundo

Eleições no Haiti marcadas para 20 de novembro

O Haiti deverá realizar as eleições presidenciais e legislativas, que tinham sido adiadas pela passagem do furacão Matthew, no próximo dia 20 de novembro, seguidas de uma segunda volta a 29 de janeiro, disse esta sexta-feira o conselho eleitoral provisório.

© Vincent West / Reuters

Os cidadãos do Haiti deviam ter votado na semana passada, mas as eleições foram adiadas devido à devastação causada pelo furacão Matthew.

Pelo menos 473 pessoas morreram quando o furacão de categoria quatro atingiu o país a 04 de outubro, com ventos de 230 quilómetros por hora.

Na segunda-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que pelo menos 1,4 milhões de pessoas precisam de ajuda no Haiti após a passagem do furacão Matthew.

Já em 2015, as eleições no país tinham sido canceladas devido à violência e denúncias de fraude, deixando o país suspenso numa crise política desde então.

O presidente do conselho eleitoral provisório, Leopold Berlanger, tinha dito que os vários partidos interessados iriam manter conversações antes de anunciar uma nova data.

O Haiti vive uma crise política desde a primeira volta das presidenciais em outubro de 2015, que desencadearam protestos.

As autoridades eleitorais concluíram que houve fraudes e cancelaram os resultados eleitorais.

Os candidatos estão na corrida para substituir o último Presidente, Michel Martelly, que deixou o cargo em fevereiro, sem substituto.

O Parlamento, entretanto, elegeu o presidente interino, Jocelerme Privert, mas tecnicamente o seu mandato de 120 dias expirou em junho.

Entre a agitação política, a população do Haiti está ainda a braços com a pobreza crónica e com uma série de problemas de saúde pública.

A nação mais pobre da América, com uma população de 11 milhões de pessoas, tem lutado para recuperar do devastador terramoto em 2010, mas milhares de pessoas ainda vivem em tendas.

A cólera já matou mais de 10.000 pessoas e afetou cerca de 700.000 desde o surto de 2010, com 500 novos casos reportados semanalmente.

Lusa

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • "O futuro da Autoeuropa não está em causa"
    0:43

    Economia

    O secretário de Estado do Trabalho apelou a que os partidos não se intrometam nas negociações entre os trabalhadores e a administração da Autoeuropa. Em entrevista à Edição da Noite da SIC Notícias, Miguel Cabrita afastou a hipótese de estar em causa o encerramento da fábrica de Palmela.