sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em ataque suicida no Iraque sobe para 35

Karim Kadim

Pelo menos 35 pessoas morreram e 65 ficaram feridas num atentado suicida perpetrado este sábado contra fiéis xiitas que comemoravam a Ashura em Bagdade e que foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Fonte da polícia iraquiana disse à agência Efe que o suicida detonou o cinto de explosivos que levava preso ao corpo numa tenda instalada para estas celebrações num mercado do bairro de Al Shaab, no noroeste da capital e de maioria xiita.

O Daesh assumiu a autoria do atentado contra os "apóstatas", como se refere aos xiitas, num comunicado difundido em fóruns extremistas cuja autenticidade não pôde ser verificada.

Os jihadistas explicaram que o suicida "conseguiu irromper e detonar o seu colete explosivo no meio de um grupo de apóstatas", causando um total de cem mortos e feridos.

Por seu lado, a agência Amaq, vinculada aos extremistas, afirmou que a "operação de martírio" resultou em 40 mortos.

As forças de segurança iraquianas cercaram a zona do mercado Al Shaab, perante o receio de serem cometidos novos ataques.

Os atentados extremistas sunitas contra fiéis xiitas são habituais no Iraque durante a Ashura e causaram a morte a centenas de pessoas nos últimos 10 anos.

A Ashura comemora o aniversário do martírio do iman Husein, neto do profeta Maomé, que morreu no ano 680 às mãos das tropas do califa Yazid (líder do ramo sunita do Islão).

Com Lusa

  • "Estamos prontos a lutar contra o Daesh"
    0:31

    Mundo

    A Turquia garante que vão ajudar o Iraque a defender Mossul contra um ataque do Daesh. O Presidente turco lembra que esta cidade estratégica, no norte do Iraque, não pode cair nas mãos de terroristas.