sicnot

Perfil

Mundo

Merkel quer endurecer sanções à Rússia na UE

A chanceler alemã, Angela Merkel, vai propor aos parceiros da União Europeia (UE) um endurecimento das sanções contra a Rússia pelo seu papel no conflito na Síria, informa hoje o diário Frankfurter Allgemeine Zeitung.


De acordo com a edição de domingo do matutino, Merkel abordará a questão na próxima cimeira de líderes do bloco comunitário, que se realiza quinta e sexta-feira.

Parte-se do princípio de que será difícil à chanceler recolher apoio a esta iniciativa, tanto pelos receios internos dos seus parceiros de coligação sociais-democratas, partido do seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steinmeier, como pela previsível falta de consenso no seio da UE.

No entanto, propõe-se tentar e conta com o apoio do Presidente norte-americano, Barack Obama - indica o jornal -, disposto, por sua vez, a uma "enérgica reação" frente à Rússia se conseguir o apoio da UE nesta questão.

Estas informações seguem-se ao fracasso de sábado da tentativa de negociação impulsionada pelos Estados Unidos em Lausana (Suíça) para alcançar algum tipo de acordo que ponha fim à ofensiva sobre a castigada cidade síria de Alepo.

Washington convocou essa reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, do Catar, do Egito, do Irão, do Iraque, da Jordânia e da Turquia, além da Rússia.

Lusa

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.