sicnot

Perfil

Mundo

Merkel quer endurecer sanções à Rússia na UE

A chanceler alemã, Angela Merkel, vai propor aos parceiros da União Europeia (UE) um endurecimento das sanções contra a Rússia pelo seu papel no conflito na Síria, informa hoje o diário Frankfurter Allgemeine Zeitung.


De acordo com a edição de domingo do matutino, Merkel abordará a questão na próxima cimeira de líderes do bloco comunitário, que se realiza quinta e sexta-feira.

Parte-se do princípio de que será difícil à chanceler recolher apoio a esta iniciativa, tanto pelos receios internos dos seus parceiros de coligação sociais-democratas, partido do seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Frank-Walter Steinmeier, como pela previsível falta de consenso no seio da UE.

No entanto, propõe-se tentar e conta com o apoio do Presidente norte-americano, Barack Obama - indica o jornal -, disposto, por sua vez, a uma "enérgica reação" frente à Rússia se conseguir o apoio da UE nesta questão.

Estas informações seguem-se ao fracasso de sábado da tentativa de negociação impulsionada pelos Estados Unidos em Lausana (Suíça) para alcançar algum tipo de acordo que ponha fim à ofensiva sobre a castigada cidade síria de Alepo.

Washington convocou essa reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros da Arábia Saudita, do Catar, do Egito, do Irão, do Iraque, da Jordânia e da Turquia, além da Rússia.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.