sicnot

Perfil

Mundo

Rebeldes apoiados por Ancara retiram controlo de Dabiq ao Daesh

Rebeldes sírios apoiados pela Turquia assumiram hoje o controlo da cidade de Dabiq, próxima da fronteira sirio-turca, que tinha estado até agora nas mãos de 'jihadistas' do Daesh, segundo uma ONG.


"Os rebeldes assumiram o controlo de Dabiq depois da retirada da localidade de 'jihadistas' do EI", afirmou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que dispõe de uma vasta rede de fontes na Síria.

Entretanto foi agendada nova reunião internacional sobre a Síria.

Depois do fracasso de sábado da tentativa de negociação impulsionada pelos Estados Unidos em Lausana (Suíça) para alcançar algum tipo de acordo que ponha fim à ofensiva sobre a castigada cidade síria de Alepo, Londres é a cidade que se segue.

A reunião acontece em Londres e junta representantes de vários países, incluindo o secretário de Estado norte americano.

O encontro vai ser mediado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Boris Johnson. Jonh Kerry vai procurar apoio dos parceiros europeus para alcançar um cessar fogo na Síria. Isto numa altura em que as relações entre os Estados Unidos e a Rússia sobre a matéria têm estado tensas.

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.