sicnot

Perfil

Mundo

José Eduardo dos Santos discursa hoje no parlamento sobre o Estado da Nação angolana

O Presidente angolano profere hoje o anual discurso sobre o Estado da Nação durante a sessão solene de abertura da quinta sessão legislativa da III legislatura, no parlamento, com a crise económica e as eleições em cima da mesa.

Trata-se da última sessão legislativa antes das eleições de 2017 e decorrerá pela primeira vez no novo edifício-sede da Assembleia Nacional, inaugurado em novembro de 2015 em Luanda.

De acordo com a Constituição angolana, na sessão de abertura de cada novo ano parlamentar (neste caso 2016-2017), prevê-se que o Presidente da República dirija, na sede da Assembleia Nacional, uma mensagem sobre o Estado da Nação.

Em 2015, uma "indisposição momentânea" impediu José Eduardo dos Santos de se deslocar ao parlamento, tendo o vice-presidente, Manuel Vicente, dirigido em seu lugar a referida mensagem, já então marcada pelos efeitos da crise económica decorrente da quebra nas receitas petrolíferas.

Em 2013, no mesmo discurso, o Presidente angolano afastou a concretização de uma parceria estratégica com Portugal e no ano seguinte a realização, pelo menos antes de 2017, das primeiras eleições autárquicas no país.

Além da crise e do Orçamento para 2017, o quadro eleitoral do país é também tema aguardado no discurso de José Eduardo dos Santos.

Em março deste ano, na abertura da 11.ª reunião ordinária do Comité Central do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), José Eduardo dos Santos anunciou a intenção de abandonar a vida política ativa.

"Em 2012, em eleições gerais, fui eleito Presidente da República e empossado para cumprir um mandato que nos termos da Constituição da República termina em 2017. Assim, eu tomei a decisão de deixar a vida política ativa em 2018", anunciou José Eduardo dos Santos.

Contudo, já em agosto, acabaria por ser reeleito presidente do partido, não sendo ainda conhecido em que moldes será feita a anunciada transição ou se este pode ser o último discurso do Estado da Nação feito por José Eduardo dos Santos.

A cerimónia está agendada para as 11:00 de hoje e o discurso de José Eduardo dos Santos deverá acontecer, segundo o programa oficial, pelas 11.30, depois da intervenção de abertura do presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.