sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 25 mortos em motim numa prisão do Brasil

Pelo menos 25 pessoas morreram este domingo numa cadeia no Brasil, na cidade de Boa Vista, estado de Roraima, na Amazónia, num confronto entre presos, segundo fontes policiais citadas pelo canal de televisão Globo.

Todos os mortos são presos, sete deles foram decapitados e outros seis morreram queimados no motim na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, disse ao portal de notícias G1 um responsável pela polícia.

O motim decorreu durante o horário das visitas e cerca e cem familiares de presos chegaram a ser feitos reféns durante horas, antes de serem libertados pela polícia, disseram fontes oficiais.

Segundo as mesmas fontes, os presos de uma ala conseguiram partir cadeados e invadir outra ala, iniciando-se depois um confronto entre grupos rivais.

Os presos estavam armados com facas e pedaços de madeira, disse ao portal G1 a mulher de um preso, que estava dentro da cadeira, para visitar o marido, quando começou o motim.

As autoridades enviaram para o local polícia de operações especiais.

Lusa

  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.