sicnot

Perfil

Mundo

Polícia dinamarquesa reabre aeroportos evacuados por ameaça de bomba

© Scanpix Denmark / Reuters

A polícia dinamarquesa anunciou esta segunda-feira que dois aeroportos foram evacuados durante algumas horas, e entretanto reabertos, juntamente com uma praça pública e dois centros comerciais, devido a uma série de ameaças de bomba.

Os aeroportos de Aarhus (oeste) e Roskilde (leste) foram reabertos pela polícia horas após terem sido encerrados por uma ameaça de bomba. A polícia dinamarquesa inspecionou os dois centros comerciais que foram evacuados pelo mesmo motivo, informou a agência noticiosa Efe.

Em nenhum dos terminais dos aeroportos foi encontrado qualquer objeto suspeito, informou a polícia, que espera reabrir em breve um centro comercial em Roskilde a oeste de Copenhaga, a capital dinamarquesa e outro em Slagelse, 60 quilómetros a sul.

As autoridades policiais de Copenhaga comunicaram também que vários locais identificados da capital dinamarquesa, incluindo o aeroporto, a reitoria da universidade e o principal hospital, receberam ameaças semelhantes enviadas por correio eletrónico, mas foram consideradas sem qualquer fundamento.

Um porta-voz policial indicou ao canal TV2 que as ameaças dirigidas contra a capital eram idênticas e provenientes do mesmo emissor.

A polícia precisou ainda que as operações decorreram com normalidade, sem terem sido registados feridos.

Lusa

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01