sicnot

Perfil

Mundo

Proibidas reuniões públicas na capital turca até final de novembro pelo "risco de atentados"

© Reuters

O governador de Ancara, cidade atingida em 2016 por diversos ataques mortíferos, anunciou esta segunda-feira a proibição de todas as reuniões públicas na capital turca devido ao risco de "atentados".

Num comunicado publicado na sua página digital, a instituição governamental anuncia a proibição de "todos os tipos de reuniões e de manifestações nos locais públicos como estradas, praças, ruas e parques (...) até 30 de novembro de 2016".

Ao evocar "informações" sobre "preparativos por organizações terroristas ilegais com o objetivo de cometer atentados", o organismo indica em comunicado que esta decisão foi determinada pela prevalência do estado de emergência instaurado em julho após uma tentativa de golpe de Estado, e que vai ser prolongado por mais três meses.

A Turquia, designadamente Ancara e Istambul, foram alvo nos últimos 12 meses de diversos atentados, relacionados com o reinício do conflito curdo ou atribuídos ao grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI), que provocaram dezenas de mortos.

Em 10 de outubro de 2015, 103 pessoas foram mortas num atentado à bomba frente à estação central de caminhos-de-ferro em Ancara, no decurso de uma manifestação pela paz e em solidariedade com a população curda, o ataque mais mortífero da história moderna da Turquia.

No decurso de uma homenagem às vítimas em 10 de outubro, um ano após o ataque, eclodiram confrontos entre manifestantes e forças policiais.

O estado de emergência, instaurado em 20 de julho por três meses após a tentativa de golpe de Estado, será prolongado por mais 90 dias a partir de quarta-feira.

  • Confrontos entre adeptos do Benfica e do SC Braga
    5:33

    Desporto

    Os adeptos do Benfica e do Sporting de Braga envolveram-se em confrontos num parque de estacionamento nas imediações do Estádio do Braga. O tumulto ocorreu por volta das 17:30 da tarde. O repórter da SIC Miguel Mota esteve no local onde contou o que aconteceu.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.