sicnot

Perfil

Mundo

Governo iraquiano confirma corredores de segurança para civis saírem de Mossul

O primeiro-ministro do Iraque, Haidar al Abadi, disse esta terça-feira que foram estabelecidos corredores para os civis saírem com segurança de Mossul, perante o avanço das forças iraquianas sobre a cidade, último bastião do Daesh.

Haidar al Abadi

Haidar al Abadi

© Fabrizio Bensch / Reuters

Haidar al Abadi assegurou, durante uma sessão do Conselho de Ministros em Bagdade, que não estão a ser feitos "bombardeamentos indiscriminados".

O primeiro-ministro disse também que as tropas iraquianas estão com a "moral em alta" e determinadas a libertar todas as zonas da província de Ninive, cuja capital é Mossul.

O porta-voz do Pentágono, Jeff Davis, afirmou que os civis estão "retidos contra a sua vontade" em Mossul e que o Daesh os está a utilizar como "escudos humanos" contra a ofensiva em curso das forças iraquianas.

O destino dos 1,5 milhões de habitantes da segunda cidade do Iraque está a suscitar muitas preocupações.

As forças da coligação e iraquianas prepararam centros de acolhimento de emergência para receber as centenas de milhares de pessoas.

Várias organizações humanitárias têm apelado para o estabelecimento de corredores seguros para civis que conseguiam fugir da cidade.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57