sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano herdou exército debilitado pela corrupção

© KCNA KCNA / Reuters

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, herdou um exército com graves problemas originado pela corrupção, segundo um documento confidencial divulgado hoje pela cadeia televisiva sul-coreana MBC.

O relatório, datado de abril de 2012, assinala, por exemplo, que numa das unidades do Exército Popular, a cerca de 50 quilómetros a norte de Pyongyang, 75% dos equipamentos de artilharia eram considerados inoperacionais, dado que estavam oxidados ou cobertos de pó.

Segundo a MBC, as autoridades norte-coreanas elaboraram este documento para avaliar a situação das forças de defesa quando Kim Jong-un chegou ao poder, após a morte do seu pai, Kim Jong-il, em dezembro de 2011.

O relatório ao qual a cadeia televisiva sul-coreana teve acesso atribui o mau funcionamento do exército à enraizada corrupção nas suas fileiras, especialmente entre altas patentes.

Neste âmbito, cita o caso dos militares norte-coreanos que sofriam, nessa altura, de uma "grave escassez de alimentos" devido em parte à venda de arroz pelos comandantes para obterem benefícios económicos.

Isto levou a que muitos soldados se declarassem em greve de fome e o próprio Kim Jong-un a reagir, punindo a até então impune corrupção nas forças armadas.

Quatro anos e meio após a elaboração do dossiê desconhece-se, porém, até que ponto a corrupção afeta hoje o Exército devido ao extremo hermetismo do regime dos Kim.

Em todo o caso, especialistas têm assinalado, por diversas ocasiões, que o jovem ditador empreendeu uma cruzada contra os militares corruptos na sua política de priorizar o Exército como garante da sobrevivência do país face à "ameaça" dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Câmara de Lisboa reorganiza rede municipal de teatros
    2:52

    Cultura

    É uma pequena revolução na rede de teatros municipais em Lisboa. A Câmara, através da EGEAC, vai assumir a gestão do antigo teatro onde funcionou a Cornucópia, e que fechou há exatamente um ano. A autarquia de Lisboa vai ainda concessionar a gestão do Teatro Maria Matos, e abrir uma nova sala, para teatro infantil, em Belém. A informação foi avançada à SIC pela vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto.

    Notícia SIC

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC