sicnot

Perfil

Mundo

Multas para estendais de roupa e tapetes nas ruas de Damasco

© Bassam Khabieh / Reuters

A guerra, que dura há cinco anos na Síria, não impede os autarcas de Damasco de se preocuparem com a estética da capital. A edilidade aumentou drasticamente as multas para quem pendura a roupa em estendais na rua ou coloca tapetes nas varandas.

A autarquia de Damasco multiplicou por 10 o valor das multas, pelo que os prevaricadores terão agora de pagar 5 mil libras sírias, cerca de 9 euros, caso estendam roupa na rua, pendurem tapetes nas varandas, deitem lixo para a rua ou para o rio Barada, que atravessa a cidade.

Entre as outras medidas que os responsáveis justificam para "preservar a estética da cidade e lutar contra a poluição ambiental e visual", é ainda obrigatório para os donos de animais de estimação terem um certificado veterinário de saúde.

Por causa da guerra, os cofres da cidade estão mais vazios, pelo que os responsáveis procuram fazer entrar dinheiro por todos os meios. O preço dos passaportes para os sírios e as autorizações de residência para os estrangeiros estão mais caros, bem como as taxas de saída do território. Até as chawarmas, sandwichs de carne muito populares na região do Levante, foram taxadas.

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19