sicnot

Perfil

Mundo

Saramago inspira manifestação de homens contra violência machista

Uma manifestação de "homens contra a violência machista" está convocada para o próximo dia 21, em Sevilha (Espanha), uma iniciativa que surgiu há 10 anos a partir de palavras do Nobel português José Saramago contra os maus-tratos às mulheres.

"Necessitamos de uma grande manifestação de homens que, como propunha Saramago, denuncie que o Machismo é Violência", defendem os organizadores do evento na página de Internet hombrescontralasviolenciasmachistas.com.

A primeira manifestação contra a violência machista teve lugar em 2006, também em Sevilha, e agora, passados dez anos, a par da demonstração também é organizado um colóquio de três dias na Universidade da capital da Andaluzia e uma homenagem a José Saramago, que recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1998.

Segundo fonte da Fundação José Saramago, com sede em Lisboa, na manifestação de sexta-feira estará presente a viúva do Nobel português, Pilar del Río, que preside a essa instituição e é natural de Sevilha.

A mesma fonte explicou à Lusa que José Saramago disse numa entrevista a um canal de televisão espanhol que a questão dos maus-tratos às mulheres era um assunto dos homens, porque eram eles os causadores, e eram eles os que deveriam resolvê-lo.

O Nobel acrescentou na ocasião que gostaria de ver homens na rua a manifestarem-se contra isso.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.