sicnot

Perfil

Mundo

Beijo no peito em direto na TV gera contestação em França

Jean-Michel Maire, apresentador da televisão francesa, beijou uma mulher no peito, durante uma transmissão em direto e contra a vontade da jovem bailarina. O momento que está a gerar uma onda de indignação em França aconteceu durante o programa TPMP (Touche pas à mon poste!), apresentado no Canal 8.

Soraya, de 21 anos, estava no programa para participar numa reconstituição do assalto da estrela das redes sociais Kim Kardashian, em Paris. A bailarina não tardou a manifestar a sua revolta como sucedido. "Eu sou um ser humano, não um objeto", disse Soraya à revista L'Express.

Este episódio, que aconteceu a 13 de outubro, é o último de uma série de escândalos que estão a abalar França e a gerar uma vaga de contestação contra a tolerância face à habitual "sedução à francesa", prática abusiva, em especial por parte de homens que ocupam cargos de poder.

Mais de 250 queixas contra Jean-Michel Maire deram entrada no regulador dos media franceses, a exigir que o apresentador seja processado.

Laurence Rossignol, ministra francesa das Famílias, da Infância e dos Direitos das Mulheres, veio também manifestar a sua condenação do ato que considera abusivo e que defende que seja alvo de uma avaliação judicial.

Jean-Michel Maire pediu desculpa pelo ato no Twitter, mas antes terá declarado que "reviu o episódio e que se riu dele". Cyril Hanouna, que dirige o programa, veio em defesa de Maire. "Ele não pensou que fosse assim tão sério", afirmou.

Em vários posts publicados no Twitter sobre o assunto, Jean-Michel Maire é comparado a Donald Trump, o candidato republicano às presidenciais nos EUA.

O episódio do beijo no peito transmitido em direto na televisão está a gerar grande contestação, em especial por parte de grupos de defesa dos direitos das mulheres, tanto mais que outros casos semelhantes têm abalado a sociedade francesa.

Outra personalidade dos media, Jean-Marc Morandini, está a ser investigado pelas autoridades por alegadamente ter exigido a uma menor que praticasse atos sexuais durante um casting, gravado em vídeo. Morandini é também acusado de abuso sexual por quatro homens que participaram num dos seus programas.

  • Assalto a Kim Kardashian inspira disfarce de Halloween

    Mundo

    Um site de venda de disfarces inspirou-se no recente assalto a Kim Kardashian, em Paris, para fazer um modelo original para ser usado no Halloween. Sem nunca referir o nome da celebridade, a relação com o seu assalto na capital francesa não podia ser mais evidente, incluindo a designação que lhe foi dada – Parisiense vítima de assalto.

  • Assaltantes levam anel de noivado de Kim Kardashian no valor de 4 milhões de euros
    1:21

    Mundo

    A estrela das redes sociais e reality shows Kim Kardashian foi assaltada por dois homens que se fizeram passar por polícias em Paris. A socialite esteve amarrada e foi ameaçada com uma arma de fogo dentro do próprio apartamento. Os ladrões levaram uma caixa com joias no valor de 6 milhões de euros. Uma das peças roubadas foi o anel de noivado que Kanye West ofereceu, no valor de quatro milhões de euros.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.