sicnot

Perfil

Mundo

Conta do ministro dos Negócios Estrangeiros da Bélgica no Twitter foi pirateada

A conta do ministro dos Negócios Estrangeiros belga na rede Twitter foi hoje pirateada, anunciou o Ministério, com mensagens anti-Canadá, depois de a Valónia ter vetado um tratado de comércio livre da União Europeia com o país.

"A conta Twitter pessoal de Didier Reynders foi pirateada. As mensagens que aí foram publicadas não são suas", anunciou o Ministério, também através desta rede social.

Uma mensagem mostrava uma foto do antigo primeiro-ministro canadiano, Stephen Harper, com a menção "Hey Canada, Fuck You!".

Três horas depois de ter sido colocada no Twitter, esta mensagem injuriosa continuava visível na conta de Reynders, um dos principais apoiantes daquele tratado de comércio livre, cuja sigla em Inglês é CETA.

Este ataque ocorreu algumas horas depois de a União Europeia ter lançado um ultimato à região francófona belga da Valónia, que vetou o CETA, para que altere o seu voto, aprovando o tratado, até sexta-feira, ultimato que o ministro-presidente valão, o socialista Paul Magnette, rejeitou.

Reynders, um conservador que representa o governo federal belga, é um forte apoiante do tratado de comércio livre entre a União Europeia e o Canadá.

A recusa de Magnette, que reclama mais garantias, designadamente nos domínios agrícola, social e ambiental, ameaça a assinatura formal do CETA, o que lhe valeu o apoio de numerosos ativistas.

A assinatura do CETA estava programada para a ocasião da visita do primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, a Bruxelas, no final de outubro.

Lusa

  • "Fiquei absolutamente perplexo com a escolha de Elina Fraga"
    0:43

    País

    Rogério Alves diz que ficou perplexo com a escolha de Elina Fraga para a vice-presidência do PSD. Em declarações à TSF e Diário de Notícias, o antigo bastonário da Ordem dos Advogados lembra as divergências com o governo de Passos Coelho, sobretudo em matérias de justiça.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07