sicnot

Perfil

Mundo

Conta do ministro dos Negócios Estrangeiros da Bélgica no Twitter foi pirateada

A conta do ministro dos Negócios Estrangeiros belga na rede Twitter foi hoje pirateada, anunciou o Ministério, com mensagens anti-Canadá, depois de a Valónia ter vetado um tratado de comércio livre da União Europeia com o país.

"A conta Twitter pessoal de Didier Reynders foi pirateada. As mensagens que aí foram publicadas não são suas", anunciou o Ministério, também através desta rede social.

Uma mensagem mostrava uma foto do antigo primeiro-ministro canadiano, Stephen Harper, com a menção "Hey Canada, Fuck You!".

Três horas depois de ter sido colocada no Twitter, esta mensagem injuriosa continuava visível na conta de Reynders, um dos principais apoiantes daquele tratado de comércio livre, cuja sigla em Inglês é CETA.

Este ataque ocorreu algumas horas depois de a União Europeia ter lançado um ultimato à região francófona belga da Valónia, que vetou o CETA, para que altere o seu voto, aprovando o tratado, até sexta-feira, ultimato que o ministro-presidente valão, o socialista Paul Magnette, rejeitou.

Reynders, um conservador que representa o governo federal belga, é um forte apoiante do tratado de comércio livre entre a União Europeia e o Canadá.

A recusa de Magnette, que reclama mais garantias, designadamente nos domínios agrícola, social e ambiental, ameaça a assinatura formal do CETA, o que lhe valeu o apoio de numerosos ativistas.

A assinatura do CETA estava programada para a ocasião da visita do primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, a Bruxelas, no final de outubro.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.