sicnot

Perfil

Mundo

Jacarta oferece recompensas por cada ratazana apanhada na cidade

© Reuters Photographer / Reuter

Jacarta, uma das maiores metrópoles, mais povoadas e poluídas do mundo, está a braços com uma praga de ratazanas. Cada habitante pode contribuir para a desinfestação e ainda ganhar com isso.

Quem anda pelas ruas da capital indonésia tem grandes probabilidades de dar de caras com uma ratazana. Esta cidade com 10 milhões de habitantes tem numerosas ruas cobertas de detritos e muitos bairros de lata.

Foi depois de um indesejado encontro com um roedor que o governador adjunto de Jacarta se lembrou de lançar o "Movimento de erradicação das ratazanas", em que o município oferece 20 mil rupias por cada uma capturada (pouco menos de 1 euro).

"Há muitas ratazanas aqui, e grandes", disse Djarot Saiful Hidayat no lançamento do programa, sublinhando que as ratazanas são um perigo sanitário e fator de propagação de doenças.

"Por cada ratazana pagaremos 20 mil rupias", garantiu. Não explicou a melhor forma de apanhar estes bichos, mas pediu para que não fossem utilizadas armas de fogo.

"Se possível, não utilizem por favor as vossas armas de fogo", apelou no Jakarta Post, citado pela agência France Press. "Se falhar o alvo pode acertar em alguém".

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42