sicnot

Perfil

Mundo

O stress faz bem à saúde?

© Andrew Burton / Reuters

Um trabalho stressante pode, afinal, ser bom para a saúde. Segundo investigadores norte-americanos, as pessoas com empregos stressantes têm menos um terço de probabilidades de morrer do que aqueles com desempenhos mais tranquilos - mas apenas se houver controlo do ritmo de trabalho.

Os investigadores estudaram milhares de trabalhadores na casa dos 60 anos, desde 2004 e descobriram que, sete anos depois, os que tinham tido controlo e liberdade nos seus empregos tinham 34% menos probabilidade de morrer que os restantes.

A equipa da Kelley School of Business, na Universidade do Indiana, liderada por Erik Gonzalez-Mulé, sublinha no entanto que há uma condição necessária - ter liberdade de tomar decisões.

"Esta descoberta sugere que os empregos setressantes têm claras consequências negativas para a saúde dos funcionários quando acompanhados de pouca liberdade na tomada de decisões, ao passo que estes trabalhos podem ser benéficos para a saúde de quem tem stress acompanhado de liberdade de decisão", explica Gonzalez-Mulé.

"Quando não se tem as ferramentas necessárias para lidar com um emprego stressante, faz-se outras coisas. Pode-se comer mais, fumar, fazer alguma destas coisas para lidar com a situação", diz ainda o cientista.

Em vez de ser algo debilitante, alerta, o stress pode ser energisante.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.