sicnot

Perfil

Mundo

O stress faz bem à saúde?

© Andrew Burton / Reuters

Um trabalho stressante pode, afinal, ser bom para a saúde. Segundo investigadores norte-americanos, as pessoas com empregos stressantes têm menos um terço de probabilidades de morrer do que aqueles com desempenhos mais tranquilos - mas apenas se houver controlo do ritmo de trabalho.

Os investigadores estudaram milhares de trabalhadores na casa dos 60 anos, desde 2004 e descobriram que, sete anos depois, os que tinham tido controlo e liberdade nos seus empregos tinham 34% menos probabilidade de morrer que os restantes.

A equipa da Kelley School of Business, na Universidade do Indiana, liderada por Erik Gonzalez-Mulé, sublinha no entanto que há uma condição necessária - ter liberdade de tomar decisões.

"Esta descoberta sugere que os empregos setressantes têm claras consequências negativas para a saúde dos funcionários quando acompanhados de pouca liberdade na tomada de decisões, ao passo que estes trabalhos podem ser benéficos para a saúde de quem tem stress acompanhado de liberdade de decisão", explica Gonzalez-Mulé.

"Quando não se tem as ferramentas necessárias para lidar com um emprego stressante, faz-se outras coisas. Pode-se comer mais, fumar, fazer alguma destas coisas para lidar com a situação", diz ainda o cientista.

Em vez de ser algo debilitante, alerta, o stress pode ser energisante.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51