sicnot

Perfil

Mundo

Termina motim de imigrantes em centro de acolhimento em Madrid

© Lusa

Um grupo de 39 imigrantes abandonou esta manhã o telhado do Centro de Internamento de Estrangeiros de Aluche, em Madrid, 12 horas depois do início, segundo a imprensa espanhola.

Os imigrantes permaneceram toda a noite no telhado do edifício pedindo, aos gritos, "liberdade" e "dignidade", enquanto negociavam com a polícia debaixo de uma chuva intensa.

O porta-voz da Polícia Nacional espanhola, citado pela imprensa, explicou que os imigrantes não estavam armados e negou que a revolta se tenha iniciado devido à redução da presença de polícias que teriam sido deslocados para reforçar a segurança em redor do estádio do Real Madrid, onde se verificaram distúrbios na terça-feira à noite.

O motim começou às 22:00 (21:00 em Lisboa) de terça-feira, quando os imigrantes taparam as câmaras de segurança, para não serem controlados, e começaram a partir o mobiliário do Centro de Internamento de Estrangeiros de Aluche, tendo em seguida chegado ao telhado do edifício.

O incidente soma-se a uma série de outras tentativas de fuga de estrangeiros deste tipo de estabelecimentos em Espanha, que alguns consideram ser prisões.

Estes centros de acolhimento foram criados para alojar provisoriamente os estrangeiros de fora da União Europeia que entram em Espanha de forma ilegal.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.