sicnot

Perfil

Mundo

Vendedor de chá torna-se modelo com uma foto partilhada nas redes sociais

Um vendedor de chá viu a sua vida mudar do dia para a noite depois de uma fotografia sua a trabalhar ter invadido a internet. Arshad Khan tem 18 e foi fotografado a encher uma caneca de chá no mercado de domingo de Islamabad, capital do Paquistão.

A fotografia foi tirada por uma pessoa que ia a passar e publicada no Instagram. A partir daí, milhares de pessoas partilharam a imagem nas redes sociais, em busca do nome e dos "penetrantes olhos azuis".

O jovem foi identificado na terça-feira como Arshad Khan, um adolescente que trabalhava no mercado há três meses como chai wala (vendedor de chá, em português).

Fitin.pk, um site de roupa online com sede em Islamabad, apressou-se a assinar contrato com o jovem, oferecendo-lhe o primeiro trabalho como modelo. Tamanho o sucesso do rapaz na internet, a empresa até partilhou a novidade no seu site.

Em entrevista aos media locais, Arshad explicou que nunca tinha ouvido falar sobre as redes sociais Instagram e Twitter e que estava muito feliz pelo novo emprego. Contudo, admitiu que preferia não ser fotografado enquanto trabalhava.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Câmara de Lisboa reorganiza rede municipal de teatros
    2:52

    Cultura

    É uma pequena revolução na rede de teatros municipais em Lisboa. A Câmara, através da EGEAC, vai assumir a gestão do antigo teatro onde funcionou a Cornucópia, e que fechou há exatamente um ano. A autarquia de Lisboa vai ainda concessionar a gestão do Teatro Maria Matos, e abrir uma nova sala, para teatro infantil, em Belém. A informação foi avançada à SIC pela vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Catarina Vaz Pinto.

    Notícia SIC

  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC