sicnot

Perfil

Mundo

Madrid proíbe estacionamento na rua por causa da poluição

© Sergio Perez / Reuters

O município de Madrid proibiu o estacionamento na rua hoje no centro da cidade. O objetivo é reduzir o número de automóveis que entram na capital espanhola, devido aos elevados níveis de concentração de dióxido de azoto verificado nos últimos dias.

Apenas podem estacionar na rua os residentes da área em causa e aqueles que não têm esta autorização podem apenas utilizar os parques de estacionamento fechados.

A autarquia já tinha reduzido desde domingo para 70 km/hora a velocidade em todas as vias rápidas que circundam ou ligam Madrid.

A câmara municipal espera que estas medidas ajudem a reduzir significativamente o número de pessoas que entram em Madrid com automóveis e desta forma os níveis de poluição dentro da cidade.

A medida é tomada depois de dois dias em que os níveis de poluição subiram para valores considerados elevados, sem que haja uma previsão meteorológica favorável.

Esta manhã havia pouco trânsito no centro de Madrid, o que também é explicado pela "ponte" do fim de semana com o feriado do Dia de Todos-os-Santos que se comemora a 1 de novembro.

Com Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.