sicnot

Perfil

Mundo

Alepo pode tornar-se um gigantesco cemitério

© Omar Sanadiki / Reuters

A parte oriental da cidade síria de Alepo (norte) está em risco de se tornar "um gigantesco cemitério" caso os combates continuem e a ajuda humanitária permaneça bloqueada, alertou esta quarta-feira um alto funcionário da ONU.

Numa intervenção no Conselho de Segurança da ONU, reunido hoje numa sessão de emergência após um pedido da França, o responsável das operações humanitárias das Nações Unidas, Stephen O'Brien, indicou que cerca de 25 mil civis terão fugido da zona leste de Alepo (parte controlada pelos rebeldes) desde sábado.

Estas pessoas, segundo o representante, fugiram para a zona oeste de Alepo, controlada pelas forças governamentais, ou para outras áreas vizinhas.

Stephen O'Brien relatou que dezenas de pessoas terão perdido a vida num raide aéreo ocorrido hoje de manhã, mas sem dar mais pormenores.

"É provável que outros milhares irão fugir se os combates se prolongarem e se intensificarem nos próximos dias", reforçou.

O representante assinalou ainda a falta de ambulâncias no terreno: "Os feridos estão a ser transportados em carrinhos de vegetais".

"Apelamos, suplicamos mesmo, que as partes em conflito e aqueles que têm influência façam tudo o que for possível para proteger os civis e permitir o acesso à parte sitiada de Alepo leste antes que ela se transforme num gigantesco cemitério", declarou.

"Já não há mais limites, nem linhas vermelhas para atravessar, as regras da guerra (...) têm sido sistematicamente violadas na Síria", frisou.

As Nações Unidas têm medicamentos e géneros alimentares armazenados para fornecer às dezenas de milhares de pessoas que estão nesta área e os camiões da organização internacional estão prontos para entrar na zona leste de Alepo.

"Por isso é vital que o governo sírio permita o deslocamento do nosso pessoal a Alepo com toda a segurança e sem restrições indevidas", insistiu Stephen O'Brien.

O responsável afirmou estar "extremamente preocupado" com os cerca de 250.000 habitantes que ainda permanecem na zona leste de Alepo.

"Estas pessoas estão sitiadas há 150 dias e não têm os meios para sobreviver muito mais tempo", advertiu, concluindo que, até à data, "os apelos, os pedidos e até as exigências do Conselho têm sido largamente ignorados" pelas fações envolvidas no conflito.

Mais de 300.000 pessoas foram mortas e milhões obrigadas a fugir desde o início da guerra na Síria, há quase seis anos.

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17