sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela saúda OPEP por limitar produção de petróleo

© Marco Bello / Reuters

O Presidente venezuelano felicitou esta quarta-feira os membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) pelo acordo para reduzir a produção de crude em 1,2 milhões de barris por dia, limitando-a a 32,5 milhões de barris diários.

"Felicito e agradeço aos nossos sócios da OPEP por acordo tão importante a que chegámos no dia de hoje, para estabilizar o mercado", escreveu Nicolás Maduro na sua conta no Twitter.

Segundo o Presidente da Venezuela foram "dois anos de esforços" de negociações propostas pela Venezuela "para recuperar o mercado e conseguir preços justos, realistas e estáveis".

"Agradeço também aos países não OPEP (...) Nos próximos dias estaremos a consolidar esta nova aliança de futuro que beneficia a todos. Obrigado, continuemos avançando", frisou.

Para a Venezuela, o preço justo do petróleo é de mais de 60 dólares o barril.

Segundo o presidente da empresa estatal Petróleos de Venezuela SA (PDVSA), Eulógio del Pino, o acordo é "mais uma vitória para a revolução bolivariana, que com o Presidente Nicolás Maduro nunca desistiu de defender o preço do petróleo".

"Fechámos um acordo histórico na OPEP, em linha com um pacto preliminar alcançado na Argélia, cumprimos com o previsto", escreveu no Twitter.

A Venezuela, segundo as autoridades locais, é um dos países com maiores reservas comprovadas de petróleo do mundo, cujas receitas se reduziram nos últimos anos devido à descida do preço internacional do crude.

Desde janeiro último que vigora, no país, um estado de exceção económica.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.