sicnot

Perfil

Mundo

Maha Vajiralongkorn proclamado oficialmente rei da Tailândia

© Athit Perawongmetha / Reuters

O príncipe herdeiro Maha Vajiralongkorn foi hoje proclamado oficialmente rei da Tailândia, numa cerimónia transmitida em todos os canais de televisão tailandeses, mais de um mês após a morte do seu pai Bhumibol.

"Respondi positivamente aos desejos do defunto rei, pelo bem de toda a população tailandesa", declarou o novo monarca após ter sido convidado pelo presidente do parlamento, líder da junta militar e primeiro-ministro, Prayut Chan-O-Cha, para subir ao trono.

O príncipe, de 64 anos, surpreendeu quando pediu, algumas horas depois da morte do seu pai a 13 de outubro, um período de tempo antes de assumir o cargo.

Maha Vajiralongkorn herda uma das monarquias mais ricas do mundo, bem como uma nação politicamente perturbada.

A cerimónia decorreu no seu palácio de Banguecoque e os templos budistas em todo o país foram convidados a bater tambores e gongos após a sua proclamação.

Ele torna-se Rama X da dinastia Chakri da Tailândia, mas só será formalmente coroado após a cremação do seu pai, prevista para o próximo ano.

Maha Vajiralongkorn terá agora a pesada tarefa de sossegar os receios relacionados com o seu caráter instável, fonte de rumores e preocupações quanto à sua capacidade de incorporar um dia a figura de Pai da Nação.

A monarquia constitucional da Tailândia tem poderes limitados, mas conta com a lealdade de grande parte da elite empresarial do reino, bem como de umas forças armadas que têm dominado a política através dos seus golpes regulares.

Também está protegida das críticas por uma das mais severas leis de lesa-majestade do mundo, que prevê até 15 anos de prisão por cada acusação de difamação do rei, rainha, herdeiro ou regente.

Lusa

  • Admissão de efetivos nas Forças Armadas aquém do pedido pelas chefias
    1:42

    País

    O Ministério das Finanças autorizou a admissão de mais efetivos nas forças armadas, este ano mas a integração fica muito abaixo do número pedido pelas chefias militares. Mário Centeno só terá autorizado a integração de cerca de três mil militares em vez das cinco mil vagas propostas pelas chefias do Exército, Força Aérea e Marinha.

  • EUA preparam-se para ver o primeiro eclipse solar total, 38 anos depois
    1:40
  • Pyongyang acusa Washington de atirar "achas para a fogueira"
    1:47

    Mundo

    A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram esta segunda-feira exercícios militares conjuntos. As manobras militares procuram ensaiar respostas a uma hipotética invasão da Coreia do Norte. Pyongyang já reagiu e diz que Washington está a atirar "achas para a fogueira". 

  • "É muito importante que os EUA mostrem determinação política e militar"
    0:50

    Mundo

    Os exércitos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos iniciaram hoje as manobras anuais numa altura marcada pela recente escalada de tensão entre Pyongyang e Washington. Para Miguel Monjardino, comentador da SIC, estes exercícios militares são encarados como uma provocação para a Coreia do Norte. Monjardino defende que é importante que os EUA mostrem determinação no atual clima de tensão nuclear.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • Morreu o rei da comédia
    2:08

    Cultura

    Um dos grandes nomes do humor norte-americano morreu ontem, aos 91 anos. Jerry Lewis era comediante, ator, argumentista, cantor e realizador. Considerado o rei da comédia, Lewis influenciou diferentes gerações de comediantes e foi defensor de várias causas humanitárias, entre as quais a distrofia muscular.

  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.