sicnot

Perfil

Mundo

Turquia vai homenagear embaixador russo morto com nome de rua em Ancara

© Umit Bektas / Reuters

A rua onde se situa a embaixada da Rússia em Ancara passará a chamar-se Andrey Karlov, o nome do embaixador russo assassinado na segunda-feira, anunciou hoje o ministro turco dos Negócios Estrangeiros, Mevlüt Çavusoglu.

Os especialistas investigarão o homicídio de forma "transparente", acrescentou Çavusoglu, citado pela agência Efe, numa conferência de imprensa em Moscovo, onde se reuniu com os seus homólogos russo e iraniano para debater a situação na Síria e em Alepo.

O chefe da diplomacia turca acrescentou que o objetivo do ataque foi o de prejudicar as relações entre a Turquia e a Rússia e que ambos os países estão conscientes disso.

A polícia turca deteve hoje seis pessoas no âmbito das investigações relacionadas com o homicídio de Karlov na capital turca.

Os detidos são familiares e pessoas próximas do homicida do embaixador, Mevlüt Mert Altintas, um polícia da unidade anti-motim.

De acordo com os meios de comunicação turcos, a polícia está a investigar o vínculo entre o homicida e a organização do clérigo muçulmano Fethullah Güllen, a quem Ancara acusa de estar por detrás da tentativa de golpe de Estado no passado dia 15 de julho.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.