sicnot

Perfil

Mundo

Caça ao homem na Alemanha para encontrar suspeito do ataque em Berlim

© Christian Mang / Reuters

A polícia alemã continua as investigações para capturar o homem que, na noite de segunda-feira, atacou um mercado de Natal em Berlim com um camião. O suspeito que tinha sido detido no dia do ataque terrorista foi libertado terça-feira e o atacante continua a monte.


As autoridades acreditam que o suspeito detido e posteriormente libertado não está envolvido no ataque.

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, disse a uma estação de televisão que "a polícia de Berlim e o Departamento Federal de Polícia Criminal (BKA) não seguem apenas uma pista, seguem várias pistas. Portanto, não se pode excluir que o autor do ataque está de facto em fuga,".

O ataque, que provocou 12 mortos e 48 feridos, foi reivindicado pelo grupo extremista Daesh.

O motorista original do camião, um cidadão polaco, foi encontrado morto no banco do passageiro, com ferimentos por arma de fogo e faca. Nenhuma arma foi recuperada.

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14