sicnot

Perfil

Mundo

Caça ao homem na Alemanha para encontrar suspeito do ataque em Berlim

© Christian Mang / Reuters

A polícia alemã continua as investigações para capturar o homem que, na noite de segunda-feira, atacou um mercado de Natal em Berlim com um camião. O suspeito que tinha sido detido no dia do ataque terrorista foi libertado terça-feira e o atacante continua a monte.


As autoridades acreditam que o suspeito detido e posteriormente libertado não está envolvido no ataque.

O ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, disse a uma estação de televisão que "a polícia de Berlim e o Departamento Federal de Polícia Criminal (BKA) não seguem apenas uma pista, seguem várias pistas. Portanto, não se pode excluir que o autor do ataque está de facto em fuga,".

O ataque, que provocou 12 mortos e 48 feridos, foi reivindicado pelo grupo extremista Daesh.

O motorista original do camião, um cidadão polaco, foi encontrado morto no banco do passageiro, com ferimentos por arma de fogo e faca. Nenhuma arma foi recuperada.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15