sicnot

Perfil

Mundo

Cidade chinesa mais afetada por vaga de poluição encerra escolas

A cidade mais afetada pela vaga de poluição que atinge grande parte do norte da China encerrou hoje as escolas, apenas ao fim do sexto dia sob alerta máximo, provocando descontentamento face à resposta tardia das autoridades.

Desde sexta-feira, um espesso manto de poluição cobre grande parte do norte da China, afetando 460 milhões de pessoas.

Shijiazhuang, a capital da província de Hebei, que confina com Pequim, é a cidade mais severamente atingida pela poluição.

Desde sexta-feira que está sob alerta vermelho, o que exige o encerramento de fábricas e a redução do trânsito, enquanto aconselha Infantários e escolas de ensino básico a suspenderem as aulas.

O departamento de Educação da cidade esperou, no entanto, até terça-feira à noite, para anunciar o encerramento dos estabelecimentos de ensino, medida já adotada nas cidades próximas de Pequim e Tianjin.

Em comunicado, o departamento diz ainda que para o ensino médio e secundário a decisão de encerrar deve ser tomada pela escola.

A mensagem mereceu reações nas redes sociais.

"Serão os corpos dos estudantes do ensino médio purificadores de ar", questionou um internauta, acrescentando: "Vão esperar até que estejamos todos doentes para então resolver o problema?".

Shijiazhuang foi atingida por dez vagas severas de poluição, até à data, neste inverno, de acordo com o jornal oficial China Daily.

A lista das cidades mais poluídas, elaborada pelo Ministério da Proteção Ambiental chinês, coloca Shijiazhuang em primeiro.

Nas últimas 48 horas, a concentração de partículas PM2.5 - as mais finas e suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões -, em Shijiazhuang, atingiu os 733 microgramas por metro cúbico, 29 vezes acima do nível máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Lusa

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.