sicnot

Perfil

Mundo

Cidade chinesa mais afetada por vaga de poluição encerra escolas

A cidade mais afetada pela vaga de poluição que atinge grande parte do norte da China encerrou hoje as escolas, apenas ao fim do sexto dia sob alerta máximo, provocando descontentamento face à resposta tardia das autoridades.

Desde sexta-feira, um espesso manto de poluição cobre grande parte do norte da China, afetando 460 milhões de pessoas.

Shijiazhuang, a capital da província de Hebei, que confina com Pequim, é a cidade mais severamente atingida pela poluição.

Desde sexta-feira que está sob alerta vermelho, o que exige o encerramento de fábricas e a redução do trânsito, enquanto aconselha Infantários e escolas de ensino básico a suspenderem as aulas.

O departamento de Educação da cidade esperou, no entanto, até terça-feira à noite, para anunciar o encerramento dos estabelecimentos de ensino, medida já adotada nas cidades próximas de Pequim e Tianjin.

Em comunicado, o departamento diz ainda que para o ensino médio e secundário a decisão de encerrar deve ser tomada pela escola.

A mensagem mereceu reações nas redes sociais.

"Serão os corpos dos estudantes do ensino médio purificadores de ar", questionou um internauta, acrescentando: "Vão esperar até que estejamos todos doentes para então resolver o problema?".

Shijiazhuang foi atingida por dez vagas severas de poluição, até à data, neste inverno, de acordo com o jornal oficial China Daily.

A lista das cidades mais poluídas, elaborada pelo Ministério da Proteção Ambiental chinês, coloca Shijiazhuang em primeiro.

Nas últimas 48 horas, a concentração de partículas PM2.5 - as mais finas e suscetíveis de se infiltrarem nos pulmões -, em Shijiazhuang, atingiu os 733 microgramas por metro cúbico, 29 vezes acima do nível máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Lusa

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Julgamento de Pedro Dias só deve começar após as férias judiciais
    2:59

    País

    O Tribunal da Guarda vai juntar o homicídio de Liliane Pinto ao processo principal dos crimes de Aguiar da Beira. Pedro Dias será interrogado em julho, mas o julgamento só deve começar depois das férias judiciais. No interrogatório judicial de 10 de novembro do ano passado, Pedro Dias ficou em silêncio.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.