sicnot

Perfil

Mundo

Ex-Presidente israelita em liberdade após cumprir pena por violação

© Baz Ratner / Reuters

O ex-Presidente israelita Moshe Katsav, de 71 anos, foi hoje posto em liberdade depois de ter cumprido cinco dos sete anos de prisão a que tinha sido condenado pelo crime de violação.

A libertação de Katsav surge porque os procuradores encarregados do caso decidiram não recorrer da decisão da comissão de liberdade condicional.

Katsav escusou-se a prestar declarações aos muitos jornalistas que o esperavam à saída da prisão de Maasiyahu, perto de Telavive. O ex-Presidente saiu rodeado pela sua família.

O antigo chefe de Estado foi condenado em dezembro de 2010 por duas acusações de violação, assédio sexual, atos indecentes e obstrução de justiça.

Katsav nasceu no Irão, no seio de uma família pobre, e ascendeu de imigrante a Presidente de Israel, cargo maioritariamente cerimonial do qual se demitiu em junho de 2007. Tornou-se depois um proscrito da classe política israelita.

O ex-Presidente começou a cumprir pena em dezembro de 2011. Desde que atingiu a marca dos dois terços de pena cumprida, o seu pedido de liberdade condicional (que se baseia em bom comportamento) já tinha sido rejeitado duas vezes.

Os pedidos anteriores foram rejeitados em parte porque Katsav não demonstrou qualquer tipo de remorso acerca dos seus crimes nem se submeteu a processos de reabilitação.

Os 'media' israelitas noticiaram, entretanto, que a comissão da liberdade condicional considerou, ao decidir sobre o terceiro pedido, que a atitude do ex-Presidente "mudou recentemente".

"O prisioneiro enfrentou muitas perguntas dos membros da comissão acerca das circunstâncias do seu crime, acerca das vítimas, a sua atitude para com as vítimas e sobre o seu entendimento acerca dos seus atos e respetivas consequências, e os membros da comissão ficaram impressionados com a honestidade das suas intenções", noticiou o jornal Haaretz.

Katsav não vai poder sair do país e terá de permanecer obrigatoriamente em sua casa das 22:00 até às 06:00 do dia seguinte.

Também não poderá dar entrevistas no prazo de dois anos, o período que ainda teria de cumprir caso não estivesse em liberdade condicional.

Lusa

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.