sicnot

Perfil

Mundo

Uma prenda de Natal "envenenada"

Na Austrália, uma mulher descobriu uma "pequena" surpresa na sua árvore de Natal. Enrolada à volta do pinheiro artificial estava uma cobra venenosa com um metro de comprimento.

Para retirar este inesperado convidado de casa, a mulher australiana teve que pedir ajuda aos profissionais "Snake Catcher Victoria", um grupo especializado em capturar esta espécie. Barry Goldsmith - o "Snake Catcher" - diz estar habituado a encontrar cobras em lugares invulgares como "botas Ugg, máquinas de lavar, casas de banho e estantes".

O responsável por retirar o réptil da sua "nova casa" explica que a cobra tigre terá entrado por uma porta aberta antes de se enrolar na árvore. A "Notechis scutatus" é uma espécie protegida na maioria dos estados australianos e foi por isso libertada de volta na natureza depois de capturada.

Apesar da "prenda envenenada", esta mulher não entrou em pânico. Tirou uma fotografia da nova decoração natalícia e enviou-a para o "Snake Catcher", que publicou a foto na página do facebook. Nos comentários podem ler-se perguntas como "Será que a cobra veio com a árvore?" e afirmações como "Acho que não quero visitar a Austrália...".

  • Salvo pela armadura da Guerra das Estrelas

    Mundo

    Um australiano  alega ter sido salvo de uma mordedura mortal de uma cobra venenosa graças à armadura que envergava. Scott Loxley vestia um fato de Stormooper, um soldado do Império Galático do universo Star Wars.

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41