sicnot

Perfil

Mundo

Uma prenda de Natal "envenenada"

Na Austrália, uma mulher descobriu uma "pequena" surpresa na sua árvore de Natal. Enrolada à volta do pinheiro artificial estava uma cobra venenosa com um metro de comprimento.

Para retirar este inesperado convidado de casa, a mulher australiana teve que pedir ajuda aos profissionais "Snake Catcher Victoria", um grupo especializado em capturar esta espécie. Barry Goldsmith - o "Snake Catcher" - diz estar habituado a encontrar cobras em lugares invulgares como "botas Ugg, máquinas de lavar, casas de banho e estantes".

O responsável por retirar o réptil da sua "nova casa" explica que a cobra tigre terá entrado por uma porta aberta antes de se enrolar na árvore. A "Notechis scutatus" é uma espécie protegida na maioria dos estados australianos e foi por isso libertada de volta na natureza depois de capturada.

Apesar da "prenda envenenada", esta mulher não entrou em pânico. Tirou uma fotografia da nova decoração natalícia e enviou-a para o "Snake Catcher", que publicou a foto na página do facebook. Nos comentários podem ler-se perguntas como "Será que a cobra veio com a árvore?" e afirmações como "Acho que não quero visitar a Austrália...".

  • Salvo pela armadura da Guerra das Estrelas

    Mundo

    Um australiano  alega ter sido salvo de uma mordedura mortal de uma cobra venenosa graças à armadura que envergava. Scott Loxley vestia um fato de Stormooper, um soldado do Império Galático do universo Star Wars.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.