sicnot

Perfil

Mundo

Amnistia Internacional denuncia atrocidades vividas por crianças em Mosul

A Amnistia Internacional denunciou hoje que crianças morrem, sofrem lesões "atrozes" e testemunham "cenas traumatizantes que ninguém deveria ver" em Mosul, cidade que o exército iraquiano tenta recuperar ao grupo radical Daesh.

Mosul, a segunda maior cidade do Iraque, foi palco de combates depois do lançamento, há dois meses, de uma ofensiva que visa expulsar os radicais do Daesh.

As forças armadas iraquianas, apoiadas por uma coligação internacional, conseguiram recuperar o controlo de zonas no leste da cidade, mas o Daesh continua a controlar o oeste e os combates na rua são descritos como bastante violentos.

No relatório hoje divulgado, a Amnistia Internacional refere como as crianças "envolvidas na batalha brutal de Mosul viram coisas que ninguém, independentemente da idade, deve ver", explicou Donatella Rovera, conselheira daquela ONG para as situações de crise.

"Encontrei crianças que sofreram lesões atrozes e viram os seus familiares e vizinhos decapitados por obuses, retalhados por carros bomba, esmagados sob os escombros das suas casas", continuou.

Noutro relatório, publicado na quarta-feira, a Human Rights Watch já tinha referido que os radicais do Daesh visavam "deliberadamente" os civis que recusam servir de "escudos humanos" e as mortes de civis causadas por ataques aéreos da coligação internacional e do exército iraquiano.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.