sicnot

Perfil

Mundo

Ikea paga 48 milhões de euros devido a morte de crianças esmagadas por cómodas

(Arquivo)

© Jacky Naegelen / Reuters

O fabricante sueco de móveis Ikea vai pagar 50 milhões de dólares (47,9 milhões de euros) no âmbito de um acordo com os Estados Unidos, após três crianças terem morrido esmagadas por cómodas, disse fonte judicial.

Segundo o escritório de advogados Feldman Shepherd, que representa as famílias das vítimas, o dinheiro vai ser distribuído pelas famílias das três crianças, que tinham todas dois anos de idade.

A empresa sueca, que já confirmou o acordo, vai doar também 100.000 dólares (95 mil euros) a hospitais infantis e outros 100.000 dólares a uma fundação norte-americana que lida com a segurança das crianças.

Cerca de 29 milhões de cómodas Malm foram recolhidas pela empresa nos Estados Unidos, Canadá e China.

A agência dos Estados Unidos para a segurança do consumidor (CPSC) indicou em junho que desde 1989 cinco pessoas morreram e 31 ficaram feridas em acidentes que envolveram aquele modelo de cómodas.

Lusa

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.