sicnot

Perfil

Mundo

Ronaldo deixa mensagem às crianças sírias

Veja o Vídeo

O futebolista português Cristiano Ronaldo pediu esta sexta-feira para as crianças sírias não perderem a esperança, considerando-as "verdadeiros heróis", depois de contribuir com um "donativo generoso" para a organização 'Save the Children'.

"Enquanto a crise na Síria continua a deteriorar-se, o melhor futebolista de 2016, Cristiano Ronaldo, ofereceu hoje uma mensagem de esperança às crianças da Síria. Ronaldo, embaixador da 'Save the Children' desde 2013, disse-lhes, à entrada para o sexto ano de guerra, que são 'verdadeiros heróis' e entregou um donativo generoso para providenciar ajuda imediata na salvação de vidas e famílias na Síria", lê-se no comunicado da organização.

A 'Save the Children' acrescenta que esta verba, cujo montante não foi revelado, vai ser empregue em comida, roupa, cuidados médicos de emergência e apoio psicossocial a crianças e famílias vulneráveis, que têm vivido durante anos cerceadas e sob constantes bombardeamentos.

"Isto é para as crianças da Síria. Sabemos que têm sofrido imenso. Eu sou um jogador famoso, mas vocês são os verdadeiros heróis. Não percam a esperança. O mundo está convosco. Nós preocupamo-nos convosco. Eu estou convosco", afirmou o 'capitão' da seleção portuguesa, numa mensagem partilhada nas suas redes sociais.

O diretor da organização para o noroeste da Síria, Nick Finney, recordou as ações de solidariedade já realizadas em Aleppo, realçando que os milhares de famílias em fuga desta zona necessitam urgentemente de ajuda.

"A generosa doação de Cristiano Ronaldo vai ajudar-nos a apoiar as crianças de Aleppo e da Síria, que sofreram coisas que as crianças nunca deviam ter de viver. Estamos tremendamente agradecidos por este apoio. O Ronaldo não é apenas um dos desportistas mais emblemáticos do mundo, mas também num foco de esperança para milhões de meninos e meninas em todo o mundo e a esperança é algo de que as crianças da Síria precisam agora, mais do que nunca", realçou Finney, recordando a imagem de um menino refugiado sírio de cinco anos partilhada por Ronaldo, em março último.

Além do donativo e das palavras, Ronaldo convidou ainda os seus cerca de 250 milhões de seguidores a partilharem mensagens de esperança, através da 'hashtag' #Syria.

Com Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.