sicnot

Perfil

Mundo

Ronaldo deixa mensagem às crianças sírias

Veja o Vídeo

O futebolista português Cristiano Ronaldo pediu esta sexta-feira para as crianças sírias não perderem a esperança, considerando-as "verdadeiros heróis", depois de contribuir com um "donativo generoso" para a organização 'Save the Children'.

"Enquanto a crise na Síria continua a deteriorar-se, o melhor futebolista de 2016, Cristiano Ronaldo, ofereceu hoje uma mensagem de esperança às crianças da Síria. Ronaldo, embaixador da 'Save the Children' desde 2013, disse-lhes, à entrada para o sexto ano de guerra, que são 'verdadeiros heróis' e entregou um donativo generoso para providenciar ajuda imediata na salvação de vidas e famílias na Síria", lê-se no comunicado da organização.

A 'Save the Children' acrescenta que esta verba, cujo montante não foi revelado, vai ser empregue em comida, roupa, cuidados médicos de emergência e apoio psicossocial a crianças e famílias vulneráveis, que têm vivido durante anos cerceadas e sob constantes bombardeamentos.

"Isto é para as crianças da Síria. Sabemos que têm sofrido imenso. Eu sou um jogador famoso, mas vocês são os verdadeiros heróis. Não percam a esperança. O mundo está convosco. Nós preocupamo-nos convosco. Eu estou convosco", afirmou o 'capitão' da seleção portuguesa, numa mensagem partilhada nas suas redes sociais.

O diretor da organização para o noroeste da Síria, Nick Finney, recordou as ações de solidariedade já realizadas em Aleppo, realçando que os milhares de famílias em fuga desta zona necessitam urgentemente de ajuda.

"A generosa doação de Cristiano Ronaldo vai ajudar-nos a apoiar as crianças de Aleppo e da Síria, que sofreram coisas que as crianças nunca deviam ter de viver. Estamos tremendamente agradecidos por este apoio. O Ronaldo não é apenas um dos desportistas mais emblemáticos do mundo, mas também num foco de esperança para milhões de meninos e meninas em todo o mundo e a esperança é algo de que as crianças da Síria precisam agora, mais do que nunca", realçou Finney, recordando a imagem de um menino refugiado sírio de cinco anos partilhada por Ronaldo, em março último.

Além do donativo e das palavras, Ronaldo convidou ainda os seus cerca de 250 milhões de seguidores a partilharem mensagens de esperança, através da 'hashtag' #Syria.

Com Lusa

  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC