sicnot

Perfil

Mundo

Separatistas ucranianos pró russos aceitam cessar-fogo a partir da meia-noite

© Marko Djurica / Reuters

Os separatistas pró russos do leste ucraniano anunciaram esta sexta-feira ter aceitado um novo cessar-fogo proposto pelo Grupo de Contacto, que junta a Ucrânia, a Federação Russa e a Organização para a Cooperação e Segurança na Europa (OSCE).

Reunido esta sexta-feira na capital bielorrussa, Minsk, o grupo apelou a um cessar-fogo a partir da meia-noite (22:00 horas de Lisboa), em razão das festas de fim de ano.

"Uma trégua ilimitada vai entrar em vigor à meia-noite", confirmou hoje um representante dos separatistas de Donetsk, Denis Pouchiline, citado por um sítio de informação pró russo.

Por sua parte, o porta-voz do exército ucraniano, Olexandre Motiouzaniouk, tinha anunciado na véspera o acordo dos militares para o cessar-fogo.

O Presidente ucraniano, Petro Porochenko, felicitou-se com a aceitação pelos separatistas, manifestando a esperança de que o cessar-fogo tenha um caráter "durável".

Disse esperar que "graças a estas medidas, tomadas na véspera das festas de Natal e Ano Novo, o cessar-fogo no leste da Ucrânia tenha um caráter durável".

O Natal ortodoxo é celebrado em 07 de janeiro no território da antiga URSS.

Na quinta-feira, a OSCE tinha alertado para o "aumento da violência" na Ucrânia, perante a multiplicação de ataques mortíferos entre tropas ucranianas e separatistas pró russos e triplicação, segundo observadores, do uso de armas pesadas pelas duas partes do conflito.

A Ucrânia está confrontada com um conflito, que dura há mais de dois anos, entre forças governamentais e separatistas pró russos, que segundo o governo de Kiev e o Ocidente, são apoiados militarmente pela Federação Russa, o que o governo de Moscovo desmente.

Com Lusa

  • Anastasia Deyeva, nova vice-ministra do Interior causa polémica na Ucrânia

    Mundo

    O contexto político na Ucrânia tem sido recheado de controvérsias, a recente nomeação no Governo Kiev está também a gerar polémica. Anastasia Deyeva, de 24 anos, foi escolhida para número dois do Ministério do Interior. Esta é a primeira vez que alguém tão jovem irá ocupar um cargo de tão grande responsabilidade no país. Muito ucranianos alegam também que Anastasia Deyeva não tem as qualificações necessárias para o cargo.

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.