sicnot

Perfil

Mundo

Isabel II dedicou mensagem de Natal "às pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias"

A rainha Isabel II de Inglaterra dedicou a mensagem de Natal "às pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias", como os voluntários, cuidadores e "bons vizinhos".

Isabel II não assistiu hoje, pela primeira vez em 30 anos, à missa de Natal na igreja de Sandringham, no condado de Norfolk, a cerca de 180 quilómetros de Londres, devido a um "forte resfriado", anunciou o Palácio de Buckingham.

"Sua majestade a rainha não assistirá à missa na igreja de Sandringham esta manhã. A rainha continua a restabelecer-se de um forte resfriado", indicou o palácio real num comunicado.

A monarca de 90 anos, líder da Igreja Anglicana, gravou a mensagem de Natal, com um forte conteúdo religioso, há uns dias no palácio de Buckingham, a sua residência oficial, noticiou a Efe.

Na sua única alocução pública não concertada com o Governo, a soberana evitou fazer quaisquer referências à atualidade política do Reino Unido, marcada pela decisão, em referendo, do país se retirar da União Europeia.

"Frequentemente encontrei forças nos meus encontros com pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias", disse Isabel II, que salientou os méritos "daqueles heróis em quem ninguém repara, cuja discreta dedicação os converte em pessoas especiais".

Fazendo um balanço do ano, a chefe de Estado destacou as 67 medalhas alcançadas pelos atletas britânicos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e as 147 que somaram nos Paralímpicos.

"Muitos dos que as ganharam, receberam inspiração dos atletas de gerações anteriores. Essa inspiração alimentou as suas aspirações, e permitiu-lhes descobrir capacidades das quais apenas tinham consciência".

"Não se ganham medalhas nem se salva vidas para se ser inspirador", disse.

Isabel II destacou o trabalho daqueles que se dedicam a servir os demais e citou Santa Teresa de Calcutá que afirmou, "não podemos todos fazer grandes coisas, mas podemos fazer pequenas coisas com grande um amor".

"Mesmo com a inspiração dos demais, é compreensível que às vezes, pensemos que os problemas do mundo são tão grandes que pouco podemos fazer para ajudar", disse.

A rainha anunciou que esta semana irá deixar de exercer o patronato de diversas organizações caritativas antes de cumprir 91 anos em abril próximo.

Na missa de hoje, em Sandringham, participaram o marido da rainha, o príncipe Filipe de Edimburgo, de 95 anos, assim como o príncipe de Gales, Carlos, herdeiro do trono, e o seu filho mais novo, Henrique, enquanto o filho mais velho, terceiro na linha de sucessão, Guilherme, passou com a família da mulher.

Lusa

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38