sicnot

Perfil

Mundo

Trabalhadora de organização humanitária sequestrada no norte do Mali

Rebecca Blackwell

As autoridades francesas confirmaram o sequestro da líder da organização não governamental "Save The Children", Sophie Petronin, no sábado, na região de Gao, no norte do Mali, anunciou hoje a agência France Presse.

"As autoridades francesas, em colaboração com as autoridades do Mali, estão totalmente mobilizadas para encontrar e libertar, o mais rapidamente possível, a compatriota", afirmou o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros francês, Romain Nadal Orsay, citado pela AFP.

A mulher, de nacionalidade franco-suiça, foi sequestrada pelas 17:00, indicaram fontes locais do Mali no sábado à agência Efe, sem fornecer mais informações sobre a identidade da trabalhadora ou as circunstâncias do rapto.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros acrescentou, em comunicado, que está em contacto com a família de Sophie Petronin, que trabalhou naquela região do Mali, onde fundou aquela organização humanitária para ajudar as crianças que sofrem de desnutrição.

Gao, a maior cidade do norte do Mali, é uma das zonas mais inseguras do país, que escapa ao controlo do Governo central e onde operam vários grupos extremistas locais que atacam com frequência o exército e as forças da Organização das Nações Unidas (ONU) na zona (MINUSMA).

A organização Control Risks, especializada na evolução e nível de segurança no mundo, publicou no mês passado um relatório que colocou o Mali entre os países com alto nível de risco e onde há elevada percentagem de crimes, sequestros e roubos a turistas e habitantes.


Lusa

  • Obras de remodelação calam Big Ben
    1:18

    Mundo

    Na próxima segunda-feira, os sinos do Big Ben, o famoso relógio de Londres, vão ficar em silêncio. As obras de restauro só estarão concluídas daqui a quatro anos.