sicnot

Perfil

Mundo

Marcha a pé de Berlim a Alepo pela paz

PAUL ZINKEN / EPA

Várias centenas de ativistas pela paz iniciaram hoje em Berlim uma marcha com destino à Síria que se prolongará por meses, como forma de apelar para o fim dos combates naquele país.

As bandeiras brancas que assinalam a Marcha Civil por Alepo começaram a ser sopradas por um vento frio e sob um céu encoberto no antigo Aeroporto de Tempelhof, de onde partiram para a Síria.

Os organizadores dizem que esperam cobrir cerca de 20 quilómetros por dia e demorar cerca de três meses e meio a fazer o caminho desde a Alemanha e passando pela República Checa, Áustria, Eslovénia, Croácia, Sérvia, Macedónia, Grécia e Turquia.

Alguns apenas farão parte do caminho e outros estão convidados a juntarem-se ao cortejo.

Têm como objetivo, pelo menos, chegar à fronteira com a Síria, mas, se possível, ir até Alepo, o palco dos combates mais violentos na guerra que se arrasta no país.

Paul Zinken / EPA

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.