sicnot

Perfil

Mundo

Presidente argentino afasta ministro das Finanças

© JAMES LAWLER DUGGAN / Reuters

O ministro das Finanças da Argentina, Alfonso Prat-Gay, responsável por toda a área económica, foi demitido pelo Presidente, Mauricio Macri, informou esta segunda-feira o chefe de gabinete, Marcos Peña.

"O presidente Macri fez uma alteração na equipa governamental e pediu a demissão do ministro Prat-Gay", explicou Peña, acrescentando que serão nomeados dois ministros para o substituir, Luis Caputo, nas questões orçamentais, e o economista Nicolás Dujovne, nas Finanças.

Luis Caputo foi o representante do Governo argentino nas negociações com os chamados "fundos abutres", que se recusaram a aceitar a reestruturação da dívida argentina depois da crise de 2001 e se envolveram num litígio que se arrastou na justiça durante 10 anos.

Esta é a primeira remodelação governamental desde que Macri subiu ao poder há um ano, após 12 anos de governos de esquerda.

A Argentina, que tem estado em recessão, adotou em 2016 duras reformas económicas.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".