sicnot

Perfil

Mundo

Cuba aprova lei que proíbe nome e imagem de Fidel Castro em espaços públicos

© Ivan Alvarado / Reuters

O parlamento cubano aprovou esta terça-feira uma lei que proíbe o uso do nome do seu histórico líder recentemente falecido, Fidel Castro, em espaços públicos e a utilização da sua imagem para erigir monumentos.

Na última sessão deste ano da Assembleia Nacional de Cuba (parlamento unicameral), liderada pelo atual Presidente, Raúl Castro, os mais de 600 deputados cubanos aprovaram o instrumento jurídico que sustenta a vontade expressa por 'El Comandante' de "evitar qualquer manifestação de culto da personalidade", noticiou a Agência Cubana de Notícias.

O desejo de Fidel, que morreu a 25 de novembro em Havana, aos 90 anos, foi dado a conhecer pelo seu irmão Raúl a 03 de dezembro, durante uma concentração maciça de despedida na cidade de Santiago de Cuba, onde no dia seguinte foram sepultados os restos mortais do líder da Revolução Cubana, que esteve no poder quase meio século (entre 1959 e 2006).

Lusa

  • O legado de Fidel
    34:05

    Reportagem Especial

    O povo saiu à rua em Cuba para despedir-se de Fidel Castro há precisamente um mês. Gerações de cubanos cresceram e viveram sob a liderança de El Comandante, o homem que moldou o destino e a alma de uma pequena ilha nas Caraíbas, colada ao inimigo norte-americano. A SIC foi a única televisão portuguesa que acompanhou cada passo da caravana fúnebre. É essa viagem pelo legado de Fidel Castro que é contada nesta Reportagem Especial.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.