sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 22 civis, incluindo crianças, mortos em ataques na Síria

Alepo, Síria / Arquivo Reuters

© Abdalrhman Ismail / Reuters

Pelo menos 22 civis, incluindo dez crianças, morreram na sequência de ataques aéreos contra uma aldeia tomada pelo Daesh no leste da Síria, informou esta quarta-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os civis, pertenciam a duas famílias da aldeia de Hojna, na província petrolífera de Deir Ezzor, controlada em grande parte pelo movimento extremista e alvo regular dos aviões da coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos, que combate o Daesh.

Desconhece-se se os aviões pertencem à coligação.

A coligação internacional, composta por aproximadamente 60 países, iniciou as suas operações na Síria em setembro de 2014 depois de o EI conquistar amplas regiões do país e também do Iraque, e proclamar um califado em ambos os territórios.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".