sicnot

Perfil

Mundo

Recuperada segunda caixa negra do avião russo despenhado no Mar Negro

© Maxim Shemetov / Reuters

Equipas de busca russas encontraram esta quarta-feira a segunda caixa negra do avião militar que se despenhou no Mar Negro, provocando a morte das 92 pessoas a bordo, anunciou o Ministério da Defesa da Rússia.

A primeira - e principal - caixa negra do TU-154 da força aérea russa tinha sido já encontrada na passada terça-feira e os especialistas começaram já a analisá-la para determinar a causa do acidente.

O avião despenhou-se no mar no domingo, dois minutos depois de descolar, com boas condições climatéricas, da cidade costeira russa de Sochi.

Transportava os 64 membros do coro Alexandrov Ensemble, mundialmente conhecido como Coro do Exército Vermelho, para um concerto de ano novo numa base militar russa na Síria.

O Ministério russo da Defesa anunciou que 15 corpos e 239 fragmentos de corpos foram recolhidos no mar local do acidente.

A operação de buscas envolveram até agora 3.600 pessoas, incluindo 200 mergulhadores da marinha russa, provenientes de todo o país, que têm sido auxiliadas por drones e submersíveis.

Os investigadores estão a tentar determinar se o acidente foi provocado por erro humano, falha no equipamento, mau combustível ou objetos presos nos motores.

O diário russo Komsomolskaya Pravda e a publicação online Live.ru, citados pela agência Associated Press, publicaram o que descreveram como uma transcrição de uma conversação no cockpit, em que o co-piloto alerta para um problema nos flaps das asas do aparelho e depois grita: "comandante, estamos a cair!".

Outro diário russo, o Kommersant, informou também que os investigadores acreditam que o acidente foi causado por uma combinação de um mau funcionamento dos flaps e um erro do piloto, que levou à perda de velocidade do avião e à sua precipitação.

Os flaps são painéis instalados nas extremidades das asas, responsáveis por fazer levantar ou baixar a aeronave.

O Serviço de Informações russo, FSB, tem até agora dito que não foram encontradas "nenhumas indicações ou factos que apontem para a possibilidade de um ataque terrorista ou um ato de sabotagem" ter provocado a queda do aparelho.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.