sicnot

Perfil

Mundo

Réplica do bunker de Adolf Hitler é um sucesso

O que é suposto fazer aos edifícios associados à vida e à morte de Adolf Hitler? Na Áustria, poderão ser destruídos, mas na Alemanha acontece algo bastante diferente.

Berlin Story Bunker

Após décadas de indecisão, o Governo austríaco está a planear demolir ou remodelar drasticamente a casa onde Hitler nasceu, de modo a que o edifício não se torne num "santuário" para os neonazis.

Já na Alemanha, mais propriamente em Berlim, a história é diferente. A maior parte dos marcos históricos da Era Nazi na capital alemã foram demolidos ao longo dos tempos. Contudo, uma empresa recriou agora um destes monumentos para atração de turistas: o bunker onde Hitler se suicidou, em 1945.

Bunker visto de fora, Berlin

Bunker visto de fora, Berlin

Berlin Story Bunker

O novo abrigo foi construído pelo Museu Historiale Berlin a quase dois quilómetros do original. O Historiale está também encarregue do Museu de História de Berlim e, um dos seus historiadores, Wieland Giebel, disse ao New York Times que a construção do bunker tinha como objetivo mostrar aos turistas o passado da cidade.

A empresa encarregue da construção atraiu alguma publicidade ao convidar dezenas de correspondentes estrangeiros para uma visita de abertura, no outono. Depois desta tour inicial, abriu as portas ao público geral, com duas visitas por dia.

Segundo Giebel, cada visita atrai normalmente 30 pessoas, que pagam 12 euros para conhecer o bunker.

Berlin Story Bunker

Assim como o museu, as visitas ao bunker parecem chegar a um resultado que os especialistas reconhecem: Hitler vende. "Claro que vende, isso é claro", disse Stefanie Endlich, uma professora na Universidade de Artes de Berlim e especialistas na arte Nazi. "Mas todas estas lembranças do Socialismo Nacional são um pouco perturbadoras".

Berlin Story Bunker

Já o porta-voz do Centro da Topografia do Terror em Berlim também tem uma palavra a dar sobre o interesse pela história nazi. Kay-Uwe von Damaros estima que, por ano, mais de um milhão de pessoas visitam a exposição da Topografia do Terror. "Isto mostra que o interesse pela história continua a ser muito grande", ele admitiu. "É também a prova que a qualidade é certa."

  • Cápsula do tempo nazi encontrada depois de 82 anos soterrada

    Mundo

    Uma cápsula do tempo com documentos nazis foi encontrada na Polónia, depois de 82 anos soterrada. O recipiente - preparado para armazenar objetos/informações com o intuito de serem encontrados pelas gerações futuras - foi encontrado por uma equipa de arqueólogos na cidade polaca de Złocieniec. A cápsula começou a ser procurada na década de 70, na altura, por militares da antiga União Soviética.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.