sicnot

Perfil

Mundo

Embaixada russa na Síria atingida com tiros de morteiro

(Arquivo)

© Sana Sana / Reuters

A embaixada da Rússia na Síria voltou esta quinta-feira a ser alvo de tiros de morteiro, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, acrescentando que o incidente não fez vítimas mortais ou feridos.

"Um projétil de morteiro disparado a partir de um subúrbio de Damasco [capital síria], controlado pelos rebeldes, caiu na área da embaixada da Rússia, perto da entrada do serviço consular da embaixada", disse a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova, citada num comunicado.

"A explosão do morteiro provocou danos materiais menores. Ninguém ficou ferido", precisou a representante, denunciando ainda uma "tentativa de inviabilizar os esforços para garantir o cessar-fogo" que deve entrar em vigor em todo o território sírio a partir das 00:00 de sexta-feira.

Na quarta-feira, a representação diplomática russa em Damasco já tinha sido bombardeada, duas vezes, por tiros de morteiro. Também não houve registo de vítimas ou danos.

"Este novo ataque contra a missão diplomática russa é inaceitável e deve ser firmemente condenada", acrescentou Zakharova.

O ataque acontece algumas horas depois de o Presidente russo, Vladimir Putin, ter anunciado a entrada em vigor de um cessar-fogo na Síria a partir da meia-noite de sexta-feira e um acordo entre o regime do Presidente sírio (aliado da Rússia), Bashar al-Assad, e os rebeldes sírios para iniciaram negociações de paz sob a égide da Turquia e do Irão.

Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.