sicnot

Perfil

Mundo

Embaixada russa na Síria atingida com tiros de morteiro

(Arquivo)

© Sana Sana / Reuters

A embaixada da Rússia na Síria voltou esta quinta-feira a ser alvo de tiros de morteiro, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, acrescentando que o incidente não fez vítimas mortais ou feridos.

"Um projétil de morteiro disparado a partir de um subúrbio de Damasco [capital síria], controlado pelos rebeldes, caiu na área da embaixada da Rússia, perto da entrada do serviço consular da embaixada", disse a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova, citada num comunicado.

"A explosão do morteiro provocou danos materiais menores. Ninguém ficou ferido", precisou a representante, denunciando ainda uma "tentativa de inviabilizar os esforços para garantir o cessar-fogo" que deve entrar em vigor em todo o território sírio a partir das 00:00 de sexta-feira.

Na quarta-feira, a representação diplomática russa em Damasco já tinha sido bombardeada, duas vezes, por tiros de morteiro. Também não houve registo de vítimas ou danos.

"Este novo ataque contra a missão diplomática russa é inaceitável e deve ser firmemente condenada", acrescentou Zakharova.

O ataque acontece algumas horas depois de o Presidente russo, Vladimir Putin, ter anunciado a entrada em vigor de um cessar-fogo na Síria a partir da meia-noite de sexta-feira e um acordo entre o regime do Presidente sírio (aliado da Rússia), Bashar al-Assad, e os rebeldes sírios para iniciaram negociações de paz sob a égide da Turquia e do Irão.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".