sicnot

Perfil

Mundo

Confirmada morte do embaixador da Grécia no Brasil, polícia investiga crime passional

A polícia do Rio de Janeiro confirmou que o corpo encontrado na quinta-feira carbonizado dentro de um veículo na cidade de Nova Iguaçu é do embaixador a Grécia no Brasil, Kriakos Amiridis.

A identificação foi confirmada depois da análise da arcada dentária do cadáver, segundo informações da TV Globo.

Os investigadores trabalham principalmente com a hipótese de que foi um crime passional, envolvendo a mulher do embaixador, Françoise Amiridis, e do seu alegado amante, um agente da polícia militar identificado como Sérgio Gomes Moreira Filho.

A polícia brasileira já pediu a prisão de quatro pessoas, incluindo Françoise Amiridis e Sérgio Moreira Filho, que teriam planeado e executado o homicídio do diplomata.

Kyriakos Amiridis, 59 anos, tinha sido visto pela última vez na segunda-feira, sendo o seu paradeiro desconhecido desde então.

O diplomata, que foi cônsul da Grécia no Rio de Janeiro entre 2001 e 2004 e assumiu o cargo de embaixador em Brasília no início deste ano, passava as férias de final de ano no Rio de Janeiro.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Ciclista Peter Sagan tricampeão do mundo

    Desporto

    O eslovaco Peter Sagan deixou este domingo mais uma marca na história do ciclismo, ao sagrar-se campeão do mundo de fundo pela terceira vez consecutiva, uma proeza inédita para norueguês ver e lamentar.