sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 93 jornalistas foram mortos em 2016

© Goran Tomasevic / Reuters

Pelo menos 93 jornalistas ou profissionais de órgãos de comunicação social foram mortos em ataques direcionados, bombas ou fogo cruzado, durante o exercício da profissão em 2016, divulgou esta sexta-feira a Federação Internacional de Jornalistas (FIJ).

O relatório da organização também destacou a morte de 29 jornalistas em dois acidentes aéreos.

A FIJ referiu igualmente que o número de jornalistas mortos em 2016 foi inferior ao verificado no ano passado (112).

O Iraque continua a ser o país com mais mortes de jornalistas, 15, seguido do Afeganistão (13) e do México (11).

Apesar do ligeiro decréscimo da violência e dos ataques mortais contra jornalistas, o presidente da FIJ, Philippe Leruth, disse que as estatísticas "dão pouco espaço para confronto ou para esperança de ver o fim da atual crise de segurança dos meios de comunicação".

Em dois recentes acidentes aéreos, 20 jornalistas brasileiros morreram na Colômbia e nove profissionais de 'media' russos perderam a vida quando um avião militar se despenhou no Mar Negro.

Lusa

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19