sicnot

Perfil

Mundo

Polícia brasileira encontra corpo em carro alugado por embaixador grego desaparecido

O Presidente brasileiro Michel Temer cumprimenta Kyriakos Amiridis, embaixador grego no Brasil, durante uma cerimónia em Brasília, em maio de 2016.

BETO BARATA PRESIDENCY OF BRAZIL / HANDOUT

A polícia brasileira encontrou um automóvel calcinado com um corpo carbonizado no interior, estando a investigar se se trata do embaixador grego no país, Kyriakos Amiridis, desaparecido desde segunda-feira.

Segundo a imprensa brasileira, a polícia civil do Rio de Janeiro confirmou que a matrícula do carro encontrado na tarde de quinta-feira, debaixo de um viaduto do Arco Metropolitano, em Nova Iguaçu, é a mesma do veículo conduzido pelo embaixador da Grécia no Brasil, Kyriakos Amiridis.

"Não posso confirmar categoricamente [que era o veículo do embaixador], pois o carro estava queimado. Eu posso confirmar que tem as mesmas características, que era o mesmo modelo e ostentava uma placa igual à do carro alugado pelo embaixador. Agora, nós vamos fazer as perícias técnicas para saber se o corpo era o do embaixador", disse o delegado Evaristo Pontes, da unidade de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), citado pela Agência Brasil.

Kyriakos Amiridis, de 59 anos, foi visto pela última vez na zona na segunda-feira, sendo o seu paradeiro desconhecido desde então.

O diplomata, que foi cônsul da Grécia no Rio de Janeiro entre 2001 e 2004 e assumiu o cargo de embaixador em Brasília no início deste ano, passava na cidade as suas férias de final de ano, esperando-se o seu regresso à embaixada a 09 de janeiro.

O seu desaparecimento foi comunicado à polícia brasileira pela mulher, que estava com ele num imóvel da família em Nova Iguaçu.

Com Lusa

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.