sicnot

Perfil

Mundo

Mulher do embaixador morto no Brasil detida por suspeita de cumplicidade

A mulher do embaixador grego no Brasil encontrado morto na quinta-feira foi hoje detida, assim como um polícia com quem mantinha uma relação extraconjugal, por suspeita de autoria do homicídio, informou a polícia.

O diplomata, Kyriakos Amiridis, foi encontrado morto dentro de um automóvel calcinado perto do Rio de Janeiro e a polícia deteve três pessoas suspeitas de envolvimento, entre elas a mulher e um agente da polícia militar.

O delegado policial Evaristo Magalhães afirmou, em conferência de imprensa, que se tratou de um "crime passional".

"Ela teria planeado, juntamente com o polícia militar, toda a organização do crime", disse.

Os três suspeitos estão em prisão preventiva por 30 dias, prorrogáveis por mais 30.

Segundo as primeiras investigações, o polícia Sérgio Gomes Moreira foi o autor material do crime e contou com a ajuda de um primo para se desfazer do corpo, encontrado "completamente carbonizado" dentro do veículo.

A causa de morte não foi ainda estabelecida, aguardando-se o resultado da autópsia.

O primo do polícia implicado, detido e colocado em prisão preventiva, confessou à polícia que a mulher, a brasileira Françoise Amiridis, o contratou e lhe "ofereceu pessoalmente 80.000 reais (23.300 euros)".

O delegado policial indicou que foi a própria mulher, acompanhada do advogado, que participou o desaparecimento do marido, de 59 anos.

As câmaras de segurança da zona e as sucessivas contradições das declarações da mulher ajudaram as autoridades a afastar a hipótese de sequestro e a começar a trabalhar na de homicídio.

Kyriakos amiridis foi cônsul da Grécia no Rio de Janeiro entre 2001 e 2004 e foi promovido a embaixador em Brasília no princípio de 2016.

Lusa

  • Merkel visita Portugal no final de maio

    País

    A chanceler alemã, Angela Merkel, efetua uma visita oficial a Portugal nos dias 30 e 31 deste mês a convite do primeiro-ministro, António Costa. Com passagem por Braga, Porto e Lisboa.

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.