sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 25 mortos em ataque aéreo contra sede de ex-filial da Al-Qaeda

© Ammar Abdullah / Reuters

Pelo menos 25 membros da Fateh al-Sham (Frente da Conquista do Levante), incluindo diversos líderes desta antiga filial síria da Al-Qaida, foram esta terça-feira mortos num ataque aéreo, informou o responsável pelo Observatório sírio para os direitos humanos (OSDH).

Um aparelho não identificado "atingiu uma importante base da Fateh al-Sham perto da cidade de Sarmada", na província de Idlib (noroeste da Síria), disse à agência noticiosa France-Presse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Entre os mortos encontram-se líderes do grupo, antes designado Frente Al-Nursa, e que estavam reunidos, acrescentou, mas sem os identificar.

Através da sua conta Telegram, a Fateh al-Sham acusou a coligação liderada pelos Estados Unidos de responsabilidade pelo raide aéreo.

"Mais de 20 mártires após a coligação de Cruzados ter atingido uma base central na região de Idlib no norte", referiram.

Um correspondente da France-Presse disse que a cidade foi atingida por diversos bombardeamentos, incluindo o que atingiu o local ocupado pela Fateh al-Sham. Várias ambulâncias dirigiram-se de imediato para a área atingida.

O ataque ocorreu quatro dias após o início de um frágil cessar-fogo entre o regime sírio e os principais grupos rebeldes, promovido pela Rússia e Turquia.

Moscovo e Damasco têm referido que a trégua não engloba a Fateh al-Sham ou o grupo "jihadista" Estado Islâmico (EI), consideradas "organizações terroristas" pelo Conselho de Segurança da ONU.

Os grupos rebeldes referiram que Idlib estava abrangido pelo acordo de cessar-fogo.

Em novembro o Pentágono referiu que um "drone" (aparelho aéreo não tripulado) norte-americano matou um líder da Al-Qaida na mesma região.

Lusa

  • Drones no combate ao terrorismo
    5:25

    Mundo

    Os drones têm cada vez mais importância estratégica nas guerras atuais e na luta antiterrorista. Os Estados Unidos e Israel são hoje os principais exportadores, usando estes aviões para dois objetivos: recolher informação nas fronteiras terrestres e marítimas e lançar ataques seletivos, sobretudo contra líderes da Al-Qaeda e do Daesh. O correspondente da SIC no Médio Oriente esteve na fronteira entre Israel e a Síria, a pilotar um drone munido com câmaras de alta resolução.

  • Buscas no Benfica, P. Ferreira, V. Setúbal e Desportivo das Aves

    Desporto

    A Polícia Judiciária do Porto está a fazer buscas à SAD do Benfica, no Estádio da Luz, e ainda ao Paços de Ferreira, Desportivo das Aves e Vitória de Setúbal. Em causa estão alegados crimes de corrupção desportiva e fraude fiscal. O clube da Luz já reagiu em comunicado.

    Em atualização

  • Sousa Cintra e Comissão de Gestão analisam futuro do Sporting
    2:37

    Crise no Sporting

    Sousa Cintra reuniu-se hoje com a Comissão de Gestão para analisar o que fazer no Sporting, depois da tomada de posição de Bruno de Carvalho. O presidente que foi destituído do cargo na Assembleia Geral de sábado, depois de dizer que se ia afastar, deixou depois a garantia de que vai impugnar a reunião magna do clube e vai a eleições.

  • Lei que permite a entrada de animais em espaços de restauração gera dúvidas
    2:23

    País

    A lei que permite a entrada de animais de companhia em estabelecimentos de restauração, que entrou hoje em vigor, está a gerar dúvidas para os proprietários. Até ao momento são poucos os estabelecimentos que aderiram e a previsão é para que assim continue. A DECO questionou 1800 pessoas sobre a presença dos animais nos restaurantes e apenas 25% votou a favor.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.