sicnot

Perfil

Mundo

Papa defende que cadeias sirvam para reinserção social

© / Reuters

O papa Francisco pediu hoje que as prisões respeitem a dignidade dos detidos e fomentem a reinserção social, depois da morte de 56 presos num confronto entre gangues, na segunda-feira, no Brasil.

"Renovo o apelo para que os estabelecimentos prisionais sejam lugares de reeducação e de reinserção social e que as condições de vida dos detidos sejam dignas de seres humanos", afirmou.

Francisco falava na audiência geral semanal, que decorreu na sala Paulo VI, no Vaticano.

O papa manifestou "dor e preocupação" pelo incidente ocorrido numa prisão nos arredores de Manaus, e pediu aos presentes para rezarem "pelos mortos, famílias, reclusos e trabalhadores" dos estabelecimentos prisionais.

Durante a homília, Jorge Bergoglio falou da esperança cristã e sublinhou que "perante a dor dos outros" se deve "mostrar uma grande delicadeza e partilhar sofrimento e lágrimas" para que as palavras transmitam "um pouco de esperança".

"Para falar de esperança a quem está desesperado, é necessário partilhar o desespero. Se não for possível proferir palavras com as lágrimas e a dor, é melhor o silêncio, a carícia e a ternura, e não dizer nada", acrescentou.

Pelo menos 56 reclusos morreram na segunda-feira na revolta comandada por grupos e fações rivais, que resultou num motim e na fuga de detidos, numa cadeia nos arredores de Manaus, capital do estado do Amazonas.

Durante o motim, que durou 17 horas, corpos ensanguentados e queimados foram vistos empilhados num pátio da prisão.

Um total de 184 presos fugiu, informou o Governo brasileiro, acrescentando que, até agora, foram capturados 40.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.

  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.