sicnot

Perfil

Mundo

Rainha da Suécia acredita que o Palácio é assombrado por fantasmas

© Darren Ornitz / Reuters

A rainha Silvia da Suécia acredita que o Palácio Real é assombrado. Segundo a rainha, ela partilha o Palácio de Drottningholm com "pequenos amigos... fantasmas".

"É muito excitante. Mas não fico assustada", ela disse num documentário, que será transmitido pela televisão estatal da Suécia, esta quinta-feira.

Perto de Estocolmo, o edifício é a residência permanente da rainha e do seu marido, o rei Carlos XVI Gustavo. "Às vezes sinto que não estou completamente sozinha", a rainha disse aos realizadores, insistindo que os seus alegados colegas de casa são "muito amigáveis".

A princesa Cristina - irmã do rei - apoiou a teoria da rainha, dizendo que a casa tem muita energia.

Um website sueco brincou com o assunto ao dizer que "os bravos caçadores de fantasmas amadores" poderia visitar o palácio, de modo a comprovar os rumores.

© TT News Agency / Reuters

A rainha Silvia casou com o rei Carlos há 40 anos, é filha de um empresário alemão e de uma brasileira.

No livro "The Royal Year" de 2015, Silvia confessou que estava muito sozinha durante os seus primeiros anos como rainha e que era difícil viver num palácio dominado por homens.

A rainha foi internada no hospital antes do Natal, depois de sentir tonturas, mas deram-lhe alta dois dias depois.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.