sicnot

Perfil

Mundo

Três raparigas mortas na Nigéria quando tentavam explodir-se em mercado

© Stringer . / Reuters

Pelo menos três raparigas suicidas morreram esta quarta-feira quando tentavam fazer-se explodir num mercado no nordeste da Nigéria, anunciaram as autoridades civis e militares.

As autoridades acusaram o grupo extremista Boko Haram.

Segundo o presidente do conselho de Madagali, Yusuf Muhammad Gulak, as raparigas foram confrontadas por um grupo de autodefesa dos cidadãos, tendo uma ativado os seus explosivos e morrido juntamente com outra. Uma terceira foi abatida quando tentou fugir.

Em dezembro, duas bombistas suicidas mataram 57 pessoas e feriram 177, incluindo 120 crianças, num mercado em Madagali.

O grupo Boko Haram quer instaurar um califado no norte da Nigéria, região maioritariamente muçulmana, ao contrário do sul, de maioria cristã, tendo já provocado a morte a milhares de pessoas.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".