sicnot

Perfil

Mundo

Três raparigas mortas na Nigéria quando tentavam explodir-se em mercado

© Stringer . / Reuters

Pelo menos três raparigas suicidas morreram esta quarta-feira quando tentavam fazer-se explodir num mercado no nordeste da Nigéria, anunciaram as autoridades civis e militares.

As autoridades acusaram o grupo extremista Boko Haram.

Segundo o presidente do conselho de Madagali, Yusuf Muhammad Gulak, as raparigas foram confrontadas por um grupo de autodefesa dos cidadãos, tendo uma ativado os seus explosivos e morrido juntamente com outra. Uma terceira foi abatida quando tentou fugir.

Em dezembro, duas bombistas suicidas mataram 57 pessoas e feriram 177, incluindo 120 crianças, num mercado em Madagali.

O grupo Boko Haram quer instaurar um califado no norte da Nigéria, região maioritariamente muçulmana, ao contrário do sul, de maioria cristã, tendo já provocado a morte a milhares de pessoas.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.