sicnot

Perfil

Mundo

Venezuela reduz produção de crude em 95 mil barris diários

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

A Venezuela reduziu em 95 mil barris diários a sua produção de crude desde 01 de janeiro, em cumprimento do acordado pela OPEP a 30 de novembro, informou esta quarta-feira o Ministério do Petróleo venezuelano.

Em comunicado, o ministério refere que a resolução já publicada indica que a partir do primeiro dia de 2017, "a empresa estatal Petróleos da Venezuela, S.A (Pdvsa), as suas filiais e empresas mistas, ajustem a sua produção".

A 30 de novembro a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), de que a Venezuela é membro fundador, acordou em Viena reduzir a sua produção de crude, para fixá-la em 32,5 milhões de barris diários a partir de 01 de janeiro deste ano.

Este acordo foi aprovado para estabilizar o mercado e acabar com a volatilidade dos preços, disse na altura o ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Jalid Al Falih.

A decisão tomada pela OPEP, segundo a nota divulgada hoje pelas autoridades venezuelanas, "implica para a Venezuela uma redução da produção em 95.000 barris diários".

Lusa

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Marcelo reúne-se na quarta-feira com Putin

    País

    O Presidente da República reúne-se na quarta-feira, em Moscovo, com o líder russo, Vladimir Putin, informou este domingo a Presidência. Marcelo Rebelo de Sousa estará na capital da Federação Russa para assistir ao jogo da seleção portuguesa na fase final do Mundial de Futebol com a equipa de Marrocos

  • Novo busto de Ronaldo foi pedido pelo Museu CR7
    2:07
  • Grécia e Macedónia assinam acordo histórico
    2:02

    Mundo

    A Grécia e a Macedónia assinaram um acordo histórico para mudar o nome da antiga República Jugoslava para República da Macedónia do Norte. Em causa está um problema diplomático entre os dois países que dificultou os planos da Macedónia em aderir à União Europeia e às Nações Unidas.