sicnot

Perfil

Mundo

Cartas da Princesa Diana arrematadas em leilão por quase 18 mil euros

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

Seis cartas enviadas pela princesa Diana a um mordomo do palácio de Buckingham, nas quais descreve o entusiasmo do filho William após o nascimento do irmão, Harry, foram esta quinta-feira leiloadas por quase 18.000 euros, noticiou a BBC.

As cartas manuscritas, enviadas nas décadas de 1980 e 1990 a Cyril Dickman, que trabalhou no palácio de Buckingham durante 50 anos, desvendam um pouco do que era a vida da princesa e da sua família no palácio de Kensington e constituem "uma coleção única de memórias reais", indicou a leiloeira Cheffins, sediada em Cambridge.

Numa dessas cartas, enviada cinco dias após o nascimento de Harry, em setembro de 1984, a princesa de Gales diz estar a viver "um período particularmente feliz".

"William adora o seu pequeno irmão e passa o tempo a cobri-lo de beijos e festas, só dificilmente deixando os pais aproximar-se", escreveu a então mulher do herdeiro da coroa britânica, o príncipe Carlos, na carta arrematada por 3.200 libras (3.700 euros), cerca de cinco vezes mais que a estimativa feita antes de ir a licitação.

"O nascimento desta pequena pessoa virou-nos a vida do avesso e tenho dificuldade em respirar com a quantidade de flores que aqui foram entregues", confidencia a princesa britânica ao mordomo, que a apoiou em situações como a morte do pai, em 1992.

Em outubro de 1992, ela escreveu outra carta, antes de viajar para a Ásia com Carlos.

"Os meninos estão bem e gostam muito da escola, apesar de o Harry estar sempre a ser repreendido", relata, acrescentando: "Partimos em novembro para uma visita à Coreia do Sul, um bom sítio para fazer as compras de Natal!".

Com um valor estimado em entre 600 e 900 libras, a carta encontrou comprador por 2.400 libras (2.800 euros).

O leilão incluía 40 objetos, entre os quais, além das cartas, fotografias e cartas de agradecimento pertencentes ao mordomo. O conjunto dos lotes alcançou 55.000 libras (64.000 euros).

Lusa

  • O dia em que Marcelo apitou um jogo de futebol

    País

    Habituado a ajuizar os momentos de tensão entre Governo e oposição, Marcelo Rebelo de Sousa foi esta quarta-feira árbitro, literalmente. Tudo aconteceu num jogo de futebol entre crianças, durante a visita do Presidente da República a São Tomé e Príncipe.

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

  • Imprensa espanhola considera Rúben Semedo a pior contratação de sempre do Villarreal
    3:35

    Desporto

    Rúben Semedo vai esta quinta-feira ser ouvido por um juiz de instrução, que vai ditar as medidas de coação no caso em que o jogador é suspeito de roubo, agressões e posse ilegal de arma. O defesa português do Villarreal passa mais uma noite nas instalações da Guardia Civil, em Valência. Alguns media espanhóis chamam-lhe agora a pior contratação de sempre da história do clube.

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC